Última hora: Operação policial de grande aparato em Câmara de Lobos

Uma brigada da Polícia de Segurança Pública de Câmara de Lobos, a BIR, agentes à paisana, Polícia Judiciária e bombeiros estiveram esta manhã numa operação policial de grande aparato que teve início pelas 7 da manhã e só terminou há pouco, pelas 11 horas, na fronteira entre as freguesias de Câmara de Lobos e Estreito de Câmara de Lobos. Segundo apurou o JM, esta foi uma operação que implicou o encerramento de várias ruas nas imediações devido à suspeita de explosivos numa residência. Na localidade, comenta-se que o aparato esteve relacionado com negócios ilícitos. As autoridades entraram na residência suspeita, de onde foi retirado um indivíduo que foi posteriormente transportado para a esquadra. Ao que tudo indica, terão sido encontrados explosivos no interior. Durante a operação aparatosa, que envolveu dezenas de operacionais, alguém se terá sentido mal, tendo sido necessária assistência por parte dos bombeiros locais acionados para o local com uma ambulância. Devido ao aparato, a Rua Padre Pita Ferreira e a Rua António Prócoro Macedo Júnior permaneceram encerradas durante algum tempo na manhã desta quarta-feira.

Última hora: Operação policial de grande aparato em Câmara de Lobos
Uma brigada da Polícia de Segurança Pública de Câmara de Lobos, a BIR, agentes à paisana, Polícia Judiciária e bombeiros estiveram esta manhã numa operação policial de grande aparato que teve início pelas 7 da manhã e só terminou há pouco, pelas 11 horas, na fronteira entre as freguesias de Câmara de Lobos e Estreito de Câmara de Lobos. Segundo apurou o JM, esta foi uma operação que implicou o encerramento de várias ruas nas imediações devido à suspeita de explosivos numa residência. Na localidade, comenta-se que o aparato esteve relacionado com negócios ilícitos. As autoridades entraram na residência suspeita, de onde foi retirado um indivíduo que foi posteriormente transportado para a esquadra. Ao que tudo indica, terão sido encontrados explosivos no interior. Durante a operação aparatosa, que envolveu dezenas de operacionais, alguém se terá sentido mal, tendo sido necessária assistência por parte dos bombeiros locais acionados para o local com uma ambulância. Devido ao aparato, a Rua Padre Pita Ferreira e a Rua António Prócoro Macedo Júnior permaneceram encerradas durante algum tempo na manhã desta quarta-feira.