Turismo: “Visita virtual como chamariz”

No âmbito da conferência ‘Tecnologia: a próxima geração’ já no painel direcionado para o turismo, Martim Pessanha abordou o ‘novo turista digital’   O ‘managing partner’ da GEMA também que a visita virtual nunca irá substituir a visita presencial, mas sim “complementar”, concordando com a visão já partilhada antes por Eduardo Jesus e António Trindade, nesta matéria, mas alertando que essa exposição virtual terá de ser “feita de forma estratégica e como chamariz” Mas considera essencial potenciar esse mundo virtual, disponibilizando essa possibilidade, dando exemplo concretos do que4 será viver, virtualmente, “dentro de um cortejo da flor”, entre outras situações específicas, como seja Cristiano Ronaldo, por exemplo, partilhar uma dessas vivências virtuais da sua terra.

No âmbito da conferência ‘Tecnologia: a próxima geração’ já no painel direcionado para o turismo, Martim Pessanha abordou o ‘novo turista digital’   O ‘managing partner’ da GEMA também que a visita virtual nunca irá substituir a visita presencial, mas sim “complementar”, concordando com a visão já partilhada antes por Eduardo Jesus e António Trindade, nesta matéria, mas alertando que essa exposição virtual terá de ser “feita de forma estratégica e como chamariz” Mas considera essencial potenciar esse mundo virtual, disponibilizando essa possibilidade, dando exemplo concretos do que4 será viver, virtualmente, “dentro de um cortejo da flor”, entre outras situações específicas, como seja Cristiano Ronaldo, por exemplo, partilhar uma dessas vivências virtuais da sua terra.