Sociedades não financeiras contraíram empréstimos no montante de 1,6 mil milhões de euros

No final de setembro de 2019, o saldo dos empréstimos concedidos a cerca de 3 600 sociedades não financeiras na Região não ultrapassou os 1608,4 milhões de euros, revelando-se inferior em 61,3 milhões de euros em termos homólogos (-3,7%). ...

Sociedades não financeiras contraíram empréstimos no montante de 1,6 mil milhões de euros
No final de setembro de 2019, o saldo dos empréstimos concedidos a cerca de 3 600 sociedades não financeiras na Região não ultrapassou os 1608,4 milhões de euros, revelando-se inferior em 61,3 milhões de euros em termos homólogos (-3,7%).  Segundo os indicadores revelados ontem pela Direção Regional de Estatística, este ano, o saldo dos empréstimos concedidos a SNF tem apresentado uma tendência decrescente. No mês em referência, o montante de empréstimos vencidos ascendia aos 191,2 milhões de euros, diminuindo em 5,5 milhões (-2,8%) face a junho de 2019. A redução homóloga é muito acentuada, evidenciando um decréscimo em 122,9 milhões de euros (-39,1%) comparativamente a setembro do ano passado. Esta evolução permitiu reduzir o rácio de empréstimos vencidos na Região, no mesmo período, de 18,8% para 11,9%. Comparativamente ao país, a RAM apresenta um rácio superior, sendo que no cômputo nacional, este indicador passou de 11,0% em setembro de 2018 para 6,4% em setembro de 2019.