Salário médio dos portugueses nos 1.326 euros

A remuneração bruta mensal média aumentou 1,6% no segundo trimestre deste ano, face ao mesmo período de 2019, para 1.326 euros. Os dados foram avançados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) que destaca a influência do regime de layoff simplificado  na dinâmica recente das remunerações médias. Segundo este organismo, a componente regular daquela remuneração (2,6%), bem como com a remuneração base (3%) também aumentaram, atingindo, respetivamente, 1065 e 1005 euros.  Em termos reais, diz o INE,  tendo em consideração a taxa de variação do Índice de Preços do Consumidor, no mesmo período, as remunerações médias por trabalhador aumentaram 1,8% (total), 2,8% (regular) e 3,3% (base), respetivamente. Estes resultados dizem respeito a cerca 4,0 milhões de postos de trabalho, correspondentes a beneficiários da Segurança Social e a subscritores da Caixa Geral de Aposentações. 

Salário médio dos portugueses nos  1.326 euros
A remuneração bruta mensal média aumentou 1,6% no segundo trimestre deste ano, face ao mesmo período de 2019, para 1.326 euros. Os dados foram avançados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) que destaca a influência do regime de layoff simplificado  na dinâmica recente das remunerações médias. Segundo este organismo, a componente regular daquela remuneração (2,6%), bem como com a remuneração base (3%) também aumentaram, atingindo, respetivamente, 1065 e 1005 euros.  Em termos reais, diz o INE,  tendo em consideração a taxa de variação do Índice de Preços do Consumidor, no mesmo período, as remunerações médias por trabalhador aumentaram 1,8% (total), 2,8% (regular) e 3,3% (base), respetivamente. Estes resultados dizem respeito a cerca 4,0 milhões de postos de trabalho, correspondentes a beneficiários da Segurança Social e a subscritores da Caixa Geral de Aposentações.