Ribeira Brava fecha bar no Campanário

“Encerramento imediato.” Essa foi a decisão ontem assumida pela Câmara da Ribeira Brava. Em causa estão muitas reclamações sobre o bar ‘Hollywood’, no Lugar da Serra. A ARAE já identificou mais de 20 ilegalidades e a PSP visitou o bar com uma equipa de 40 agentes. De pouco serviu. Conheça mais detalhes sobre este caso que faz a manchete da edição de hoje do JM. Destaque nesta edição também para a investigação que arrasa as Câmaras do PS. Além do Funchal, o Ministério Público alargou as buscas às Câmaras socialistas de Machico, Porto Moniz e Ponta do Sol. Uma denúncia anónima está na base de inquérito sem arguidos, mas com suspeitas de corrupção, tráfico de influências e abuso de poder. Pode ler ainda a entrevista do JM à secretária regional do Ambiente. Apesar da pandemia, as políticas definidas para o primeiro ano de Governo foram alcançadas, garante Susana Prada. A secretária adverte os municípios para as perdas de água e garante que o caminho das Ginjas será pavimentado de acordo com a UNESCO. Noutros temas que merecem também chamada de primeira página, o Café do Teatro admite despedir 30 trabalhadores. Dário Silva aponta para cenário difícil se os apoios prometidos não chegarem este ano. Alerta chega ao Governo. Leia mais sobre estes e outros assuntos, na edição desta sexta-feira do seu JM.

Ribeira Brava fecha bar no Campanário
“Encerramento imediato.” Essa foi a decisão ontem assumida pela Câmara da Ribeira Brava. Em causa estão muitas reclamações sobre o bar ‘Hollywood’, no Lugar da Serra. A ARAE já identificou mais de 20 ilegalidades e a PSP visitou o bar com uma equipa de 40 agentes. De pouco serviu. Conheça mais detalhes sobre este caso que faz a manchete da edição de hoje do JM. Destaque nesta edição também para a investigação que arrasa as Câmaras do PS. Além do Funchal, o Ministério Público alargou as buscas às Câmaras socialistas de Machico, Porto Moniz e Ponta do Sol. Uma denúncia anónima está na base de inquérito sem arguidos, mas com suspeitas de corrupção, tráfico de influências e abuso de poder. Pode ler ainda a entrevista do JM à secretária regional do Ambiente. Apesar da pandemia, as políticas definidas para o primeiro ano de Governo foram alcançadas, garante Susana Prada. A secretária adverte os municípios para as perdas de água e garante que o caminho das Ginjas será pavimentado de acordo com a UNESCO. Noutros temas que merecem também chamada de primeira página, o Café do Teatro admite despedir 30 trabalhadores. Dário Silva aponta para cenário difícil se os apoios prometidos não chegarem este ano. Alerta chega ao Governo. Leia mais sobre estes e outros assuntos, na edição desta sexta-feira do seu JM.