PSP garante que não há maior número de assaltos por causa do isolamento

O comando regional da Polícia da Segurança Pública (PSP) garante que não houve aumento de assaltos a estabelecimentos nesta altura de isolamento social e revela que até houve um decréscimo da criminaliddae contra o património.   Através de um comunicado enviado à imprensa, a PSP diz que "é falso que o número de assaltos (crimes contra o património) tenha vindo a aumentar na Região Autónoma da Madeira, não sendo também verdade que os negócios estejam desprotegidos, em especial no período noturno". Explica também que, "desde o início das medidas impostas pelo Estado de Emergência o CR PSP Madeira registou um decréscimo na ordem dos 52% da criminalidade contra o património, sendo que o emprego do dispositivo policial no período noturno foi reajustado de forma a garantir uma maior vigilância nas ruas".

PSP garante que não há maior número de assaltos por causa do isolamento
O comando regional da Polícia da Segurança Pública (PSP) garante que não houve aumento de assaltos a estabelecimentos nesta altura de isolamento social e revela que até houve um decréscimo da criminaliddae contra o património.   Através de um comunicado enviado à imprensa, a PSP diz que "é falso que o número de assaltos (crimes contra o património) tenha vindo a aumentar na Região Autónoma da Madeira, não sendo também verdade que os negócios estejam desprotegidos, em especial no período noturno". Explica também que, "desde o início das medidas impostas pelo Estado de Emergência o CR PSP Madeira registou um decréscimo na ordem dos 52% da criminalidade contra o património, sendo que o emprego do dispositivo policial no período noturno foi reajustado de forma a garantir uma maior vigilância nas ruas".