PSP deteve homem por tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida na Madeira

O Comando Regional da PSP Madeira comunica a detenção em flagrante delito de um cidadão do sexo masculino, com idade de 35 anos, pelos crimes de tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida. A detenção ocorreu no dia de ontem (11.03.2020), na sequência da realização de duas Buscas Domiciliárias promovidas pela Esquadra de Investigação Criminal da Divisão Policial do Funchal nas freguesias de São Roque e de Santa Maria Maior – Zona Velha da Cidade, tendo sido possível apreender 1074 doses individuais de uma substância psicoativa denominada por “MEFEDRONA”,  3 porções de uma substância estupefaciente denominada por “HAXIXE”, uma arma branca proibida vulgarmente designada por “borboleta”, três munições de calibre distinto, bem como vários artigos (relógios, telemóveis, material de construção civil) presumivelmente relacionados com a prática dos crimes de furto e recetação. O detido foi hoje presente ao Tribunal Judicial da Comarca do Funchal para efeitos de primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a media de coação menos gravosa “termo de identidade e residência”.

PSP deteve homem por tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida na Madeira
O Comando Regional da PSP Madeira comunica a detenção em flagrante delito de um cidadão do sexo masculino, com idade de 35 anos, pelos crimes de tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida. A detenção ocorreu no dia de ontem (11.03.2020), na sequência da realização de duas Buscas Domiciliárias promovidas pela Esquadra de Investigação Criminal da Divisão Policial do Funchal nas freguesias de São Roque e de Santa Maria Maior – Zona Velha da Cidade, tendo sido possível apreender 1074 doses individuais de uma substância psicoativa denominada por “MEFEDRONA”,  3 porções de uma substância estupefaciente denominada por “HAXIXE”, uma arma branca proibida vulgarmente designada por “borboleta”, três munições de calibre distinto, bem como vários artigos (relógios, telemóveis, material de construção civil) presumivelmente relacionados com a prática dos crimes de furto e recetação. O detido foi hoje presente ao Tribunal Judicial da Comarca do Funchal para efeitos de primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a media de coação menos gravosa “termo de identidade e residência”.