PS lamenta que SESARAM "continue a esconder os números das pessoas em espera"

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista da Madeira revela preocupação fase à notícia tornada pública, hoje, por um órgão de comunicação social regional, quanto à falta de transparência no concerne aos números das listas de espera que são, constantemente, omitidos pelo Governo Regional. "É lamentável que o Serviço de Saúde da Região (SESARAM) continue a esconder os números das pessoas em espera, apresentado valores que em nada traduzem a realidade. Numa atitude que coloca em causa o sentido democrático da nossa Região", refere Victor Freitas, salientando que esta situação "assume contornos mais graves ao sabermos que os números oficias apresentados revelam divergências severas. Confusões numéricas propositadas que tentam omitir uma situação gravíssima, como seja a real dimensão e progressivo crescimento, sobretudo na fase pandémica, das listas de espera para cirurgia, consultas de especialidade hospitalar e exames complementes de diagnostico". "Perante esta situação exige-se uma resposta. Exige-se uma justificação por parte do secretário regional da Saúde. A Saúde das madeirenses não pode ficar em espera, nem ocultada por falsos números. São necessárias medidas práticas que visem diminuir as listas de espera, não esquemas fraudulentos que tentam esconder este problema social", afirmou, lembrando que o Grupo Parlamentar do PS-Madeira "durante a período eleitoral fez da Saúde a sua grande bandeira, respondendo assim a um dos maiores anseios da população, apresentando medidas e propostas que visavam ser parte da solução a este problema". "Desta feita, intercederemos juntos dos órgãos legais para que esta situação seja devidamente explicada", concluiu. 

PS lamenta que SESARAM "continue a esconder os números das pessoas em espera"
O Grupo Parlamentar do Partido Socialista da Madeira revela preocupação fase à notícia tornada pública, hoje, por um órgão de comunicação social regional, quanto à falta de transparência no concerne aos números das listas de espera que são, constantemente, omitidos pelo Governo Regional. "É lamentável que o Serviço de Saúde da Região (SESARAM) continue a esconder os números das pessoas em espera, apresentado valores que em nada traduzem a realidade. Numa atitude que coloca em causa o sentido democrático da nossa Região", refere Victor Freitas, salientando que esta situação "assume contornos mais graves ao sabermos que os números oficias apresentados revelam divergências severas. Confusões numéricas propositadas que tentam omitir uma situação gravíssima, como seja a real dimensão e progressivo crescimento, sobretudo na fase pandémica, das listas de espera para cirurgia, consultas de especialidade hospitalar e exames complementes de diagnostico". "Perante esta situação exige-se uma resposta. Exige-se uma justificação por parte do secretário regional da Saúde. A Saúde das madeirenses não pode ficar em espera, nem ocultada por falsos números. São necessárias medidas práticas que visem diminuir as listas de espera, não esquemas fraudulentos que tentam esconder este problema social", afirmou, lembrando que o Grupo Parlamentar do PS-Madeira "durante a período eleitoral fez da Saúde a sua grande bandeira, respondendo assim a um dos maiores anseios da população, apresentando medidas e propostas que visavam ser parte da solução a este problema". "Desta feita, intercederemos juntos dos órgãos legais para que esta situação seja devidamente explicada", concluiu.