Protecção Civil compra 12 ambulâncias de emergência

As viaturas vão reforçar os corpos de bombeiros e a Delegações da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), destinando-se a dar resposta a emergências médicas pré-hospitalares no âmbito do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM). É investimento de mais de 700 mil euros do Governo Regional no Serviço Regional de Proteção Civil. O Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC) lançou ontem o anúncio de procedimento para um concurso público para a aquisição de várias ambulâncias de emergência. Em despacho do primeiro dia de outubro, Pedro Ramos, secretário regional de Saúde e Proteção Civil, solicitou a autorização ao vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, para a aquisição de 12 ambulâncias de socorro, as chamadas viaturas de Tipo B, sendo o preço base total do procedimento de seiscentos e sessenta mil euros, acrescido do valor do IVA, à taxa legal em vigor. O concurso é válido por 90 dias. Caberá depois à secretaria de Pedro Ramos realizar os protocolos para renovação das ambulâncias afetas aos postos de emergência espalhados pela RAM, em mais um forte investimento do GR de mais de 600 mil euros. O principal objetivo é melhorar as condições de operacionalidade do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM) regional e, naturalmente, reforçar a sua capacidade de resposta aos pedidos através do Número Europeu de Emergência – 112, coordenado na RAM pelo Comando Regional de Operações de Socorro (CROS). Os postos de emergência funcionam nos Corpos de Bombeiros da RAM e na Delegações da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), instituições que têm protocolos com o SRPC, destinando-se a dar resposta a emergências médicas pré-hospitalares. Para o efeito utilizam ambulâncias de socorros disponibilizadas pelo SRPC, que está sob a autoridade da secretaria Regional de Saúde e de Proteção Civil.  

Protecção Civil compra 12 ambulâncias de emergência
As viaturas vão reforçar os corpos de bombeiros e a Delegações da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), destinando-se a dar resposta a emergências médicas pré-hospitalares no âmbito do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM). É investimento de mais de 700 mil euros do Governo Regional no Serviço Regional de Proteção Civil. O Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC) lançou ontem o anúncio de procedimento para um concurso público para a aquisição de várias ambulâncias de emergência. Em despacho do primeiro dia de outubro, Pedro Ramos, secretário regional de Saúde e Proteção Civil, solicitou a autorização ao vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, para a aquisição de 12 ambulâncias de socorro, as chamadas viaturas de Tipo B, sendo o preço base total do procedimento de seiscentos e sessenta mil euros, acrescido do valor do IVA, à taxa legal em vigor. O concurso é válido por 90 dias. Caberá depois à secretaria de Pedro Ramos realizar os protocolos para renovação das ambulâncias afetas aos postos de emergência espalhados pela RAM, em mais um forte investimento do GR de mais de 600 mil euros. O principal objetivo é melhorar as condições de operacionalidade do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM) regional e, naturalmente, reforçar a sua capacidade de resposta aos pedidos através do Número Europeu de Emergência – 112, coordenado na RAM pelo Comando Regional de Operações de Socorro (CROS). Os postos de emergência funcionam nos Corpos de Bombeiros da RAM e na Delegações da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), instituições que têm protocolos com o SRPC, destinando-se a dar resposta a emergências médicas pré-hospitalares. Para o efeito utilizam ambulâncias de socorros disponibilizadas pelo SRPC, que está sob a autoridade da secretaria Regional de Saúde e de Proteção Civil.