Presidente da República diz que "nós não queremos morrer na praia"

"Se isto é um milagre, o milagre chama-se Portugal", referiu, no final da sua mensagem, Marcelo Rebelo de Sousa  O Presidente da República elencou ao final desta noite de quinta-feira, as várias vitórias como a “essencial descida do indicador de contaminação para menos de uma pessoa por infetado”. O Presidente da República referiu que era preciso, para começar a ganhar abril, reabrir as atividades económicos e isso aconteceu sem “alarde”, lembrando que “até dentro do cerco sanitário de Ovar” reabriram “atividades fabris”. O Chefe de Estado realçou ainda que o sucesso de maio depende do bom-senso com que for gerida "abertura sedutora, mas complexa" da atividade no País, realçando que maio tem de ser o mês da ponte entre o dever e a esperança”.

Presidente da República diz que "nós não queremos morrer na praia"
"Se isto é um milagre, o milagre chama-se Portugal", referiu, no final da sua mensagem, Marcelo Rebelo de Sousa  O Presidente da República elencou ao final desta noite de quinta-feira, as várias vitórias como a “essencial descida do indicador de contaminação para menos de uma pessoa por infetado”. O Presidente da República referiu que era preciso, para começar a ganhar abril, reabrir as atividades económicos e isso aconteceu sem “alarde”, lembrando que “até dentro do cerco sanitário de Ovar” reabriram “atividades fabris”. O Chefe de Estado realçou ainda que o sucesso de maio depende do bom-senso com que for gerida "abertura sedutora, mas complexa" da atividade no País, realçando que maio tem de ser o mês da ponte entre o dever e a esperança”.