Polícia morreu em serviço. Colegas acompanharam o filho no primeiro dia de escola

Um polícia chamado Nicolas Blane Dixon, de 28 anos, que trabalhava na esquadra de Hall County, no estado norte-americano da Geórgia, foi baleado enquanto impedia o roubo de uma viatura. O acidente teve lugar no mês anterior do seu filho, de...

Polícia morreu em serviço.  Colegas acompanharam o filho no primeiro dia de escola
Um polícia chamado Nicolas Blane Dixon, de 28 anos, que trabalhava na esquadra de Hall County, no estado norte-americano da Geórgia, foi baleado enquanto impedia o roubo de uma viatura. O acidente teve lugar no mês anterior do seu filho, de nove anos, ter o primeiro dia de aulas. Ao saberem que o menino, Caden Dixon, não queria ir para a escola sem o pai, os agentes da esquadra onde Nicolas Blane Dixon trabalhava decidiram unir-se para apoiar a criança. Resultou que no primeiro dia de aulas, mais de uma dezena de polícias juntaram-se para acompanhar Caden. “Ele estava a ter uma manhã difícil porque não queria ir para a escola sem o pai presente. Ver a reação dele quando nos viu fez tudo valer a pena", disse o sargento Charles Hewell, citado pela CNN, citado pelo jornal SOL. Além de Caden, o polícia tinha um outro filho de quatro meses.