Plenários na Assembleia Legislativa da Madeira podem passar a realizar-se com 16 deputados

Realiza-se esta manhã uma sessão plenária com ponto único na proposta de alteração do Regimento da Assembleia Legislativa da Madeira, da autoria de PSD e CDS. O propósito é reduzir o quórum para apenas um terço dos deputados, ao contrário do número atual fixado em metade mais um. Com aprovação passarão a ser necessários apenas 16 deputados para que se realizem plenários, desde que em causa não estejam sessões em que haja votações. Nesta, como é o caso da de hoje, continua a imperar a metade mais um.

Realiza-se esta manhã uma sessão plenária com ponto único na proposta de alteração do Regimento da Assembleia Legislativa da Madeira, da autoria de PSD e CDS. O propósito é reduzir o quórum para apenas um terço dos deputados, ao contrário do número atual fixado em metade mais um. Com aprovação passarão a ser necessários apenas 16 deputados para que se realizem plenários, desde que em causa não estejam sessões em que haja votações. Nesta, como é o caso da de hoje, continua a imperar a metade mais um.