PJ deteve alegado incendiário em Almodôvar

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Sul, deteve um homem pela presumível autoria de três incêndios florestais em Almodôvar, ocorridos em 02 e 16 de julho do corrente ano.   Naquelas datas, em horas distintas, ao final da tarde e noite, o suspeito munido de um isqueiro, ateou três incêndios, que consumiram uma área considerável de pasto e sobreiros e que foram prontamente combatidos pelos bombeiros, contando com o recurso a meios aéreos. Os factos ocorreram num quadro de alcoolismo e sem qualquer motivação objetiva válida.  A detenção ocorreu no âmbito de uma investigação tutelada pelo Ministério Público de Almodôvar. O detido, de 46 anos de idade, trabalhador agrícola, vai ser presente a interrogatório Judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

PJ deteve alegado incendiário em Almodôvar
A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Sul, deteve um homem pela presumível autoria de três incêndios florestais em Almodôvar, ocorridos em 02 e 16 de julho do corrente ano.   Naquelas datas, em horas distintas, ao final da tarde e noite, o suspeito munido de um isqueiro, ateou três incêndios, que consumiram uma área considerável de pasto e sobreiros e que foram prontamente combatidos pelos bombeiros, contando com o recurso a meios aéreos. Os factos ocorreram num quadro de alcoolismo e sem qualquer motivação objetiva válida.  A detenção ocorreu no âmbito de uma investigação tutelada pelo Ministério Público de Almodôvar. O detido, de 46 anos de idade, trabalhador agrícola, vai ser presente a interrogatório Judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.