Pestana diz que não foi contactado pelas autoridades de Saúde para acolher doentes

Residentes no Cabo Girão estão revoltados com a transferência das pessoas infetadas com covid-19 para uma unidade hoteleira da zona em invés de irem para o Pestana Churchill Bay, mas o Grupo garante que isso não lhes foi pedido pelas autoridades de Saude. "Não recusamos nada porque não nos foi pedido nada pelas autoridades de Saúde da Região", declarou, ao JM, Paulo Prada, administrador do Grupo Pestana. Tal como o nosso jornal avançou, a autarquia de Câmara de Lobos assegura que está a preparar a transferência das pessoas infetadas com covid-19, para uma unidade hoteleira do Cabo Girão, com cuidado, a pensar na segurança de toda a gente, quer dos doentes quer da população local. O presidente da Câmara e autoridade de Proteção Civil do Concelho, Pedro Coelho, falou com os moradores revoltosos e pediu-lhes tranquilidade e compreensão perante o momento difícil que está a afetar a freguesia. O vereador Leonel Silva, que está a acompanhar também a preparação de toda a logística, salientou o trabalho que as autoridades estão a desenvolver neste momento a fim de garantirem a devida segurança aos doentes e à população local. "Vai haver vigilância policial 24/24 horas. As pessoas que moram mais próximo do hotel mostraram compreensão e tranquilidade, as outras que se manifestaram nem vivem tão próximo assim. Estamos a trabalhar pela segurança de todos, dos que vêm e dos que aqui residem!", reforça o autarca.  

Pestana diz que não foi contactado pelas autoridades de Saúde para acolher doentes
Residentes no Cabo Girão estão revoltados com a transferência das pessoas infetadas com covid-19 para uma unidade hoteleira da zona em invés de irem para o Pestana Churchill Bay, mas o Grupo garante que isso não lhes foi pedido pelas autoridades de Saude. "Não recusamos nada porque não nos foi pedido nada pelas autoridades de Saúde da Região", declarou, ao JM, Paulo Prada, administrador do Grupo Pestana. Tal como o nosso jornal avançou, a autarquia de Câmara de Lobos assegura que está a preparar a transferência das pessoas infetadas com covid-19, para uma unidade hoteleira do Cabo Girão, com cuidado, a pensar na segurança de toda a gente, quer dos doentes quer da população local. O presidente da Câmara e autoridade de Proteção Civil do Concelho, Pedro Coelho, falou com os moradores revoltosos e pediu-lhes tranquilidade e compreensão perante o momento difícil que está a afetar a freguesia. O vereador Leonel Silva, que está a acompanhar também a preparação de toda a logística, salientou o trabalho que as autoridades estão a desenvolver neste momento a fim de garantirem a devida segurança aos doentes e à população local. "Vai haver vigilância policial 24/24 horas. As pessoas que moram mais próximo do hotel mostraram compreensão e tranquilidade, as outras que se manifestaram nem vivem tão próximo assim. Estamos a trabalhar pela segurança de todos, dos que vêm e dos que aqui residem!", reforça o autarca.