Mulher atropelada pelo metro em Gaia ao atravessar linha em zona proibida

Uma mulher de 52 anos foi hoje atropelada pelo metro do Porto antes da estação de D. João II, em Vila Nova de Gaia, quando circulava “fora da zona de atravessamento autorizada”, disse à Lusa fonte da empresa. De acordo com a mesma fonte, o...

Mulher atropelada pelo metro em Gaia ao atravessar linha em zona proibida
Uma mulher de 52 anos foi hoje atropelada pelo metro do Porto antes da estação de D. João II, em Vila Nova de Gaia, quando circulava “fora da zona de atravessamento autorizada”, disse à Lusa fonte da empresa. De acordo com a mesma fonte, o atropelamento ocorreu pelas 10:50, tendo a mulher sofrido “ferimentos ligeiros”. A circulação do metro ficou condicionada entre as estações de General Torres e D. João II (Linha Amarela), no concelho de Vila Nova de Gaia, distrito do Porto. Contactado pela Lusa, o Instituto Nacional de Emergência Médica disse ter deslocado para o local uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), mas desconhecia, pelas 11:30, a gravidade do estado da vítima. Um jovem de 17 anos foi hoje atropelado pelo metro na estação de Varziela, em Vila do Conde, sofrendo ferimentos graves, disse à Lusa fonte dos Bombeiros Voluntários de Vila do Conde. Fonte da Metro do Porto disse à Lusa que a circulação da Linha Vermelha esteve condicionada entre as 07:20 e as 07:54, encontrando-se normalizada pelas 09:00. A mesma fonte referiu que o jovem atravessou a linha com auscultadores.