Miguel Ponte é fotógrafo europeu do ano na categoria Casamento

Madeirense foi distinguido na cerimónia conduzida pela Federação Europeia de Fotografia. O fotógrafo madeirense Miguel Ponte foi distinguido pela Federation of European Professional Photographers (FEP) nos FEP Awards, como o fotógrafo europeu do ano na categoria de Casamento. Miguel Ponte conquistou a ‘Golden Camera’ - o correspondente ao primeiro lugar -, na categoria ‘Wedding’ daquele concurso internacional que teve este ano a sua maior edição de sempre, no que toca ao número de participantes e de fotografias submetidas. A organização recebeu mais de 2.600 imagens, de mais de 300 fotógrafos provenientes de 25 países diferentes. Os resultados da competição foram anunciados no último domingo, numa cerimónia que decorreu via online pelo segundo ano consecutivo. Ao JM, Miguel Ponte partilha que a atribuição deste prémio “ainda é um pouco difícil de acreditar”, sendo o reconhecimento pela Federação Europeia de Fotografia “o prémio mais cobiçado por qualquer fotógrafo”. “Enche-me de orgulho, pois é fruto de muito trabalho e dedicação, mas também porque sou madeirense e não é todos os dias que conseguimos ultrapassar as barreiras da insularidade e ser reconhecidos internacionalmente”, acrescenta Miguel Ponte, salientando que “não é todos os dias que somos fotógrafos europeus do ano”, principalmente “numa das categorias com mais concorrentes, como é a da fotografia de casamento”. Miguel Ponte colocou a concurso oito dos seus trabalhos, desde reportagem em contexto de casamento a fotografias com casais em contextos naturais, e todos eles obtiveram notas de distinção e mérito. “Aquilo que me confere mais orgulho é o facto de serem fotos tiradas na Madeira. Foram essas fotos que conseguiram cativar os 30 jurados selecionados da associação”, regozija-se o fotógrafo. Objetivo é promover a Região No seguimento desta distinção, Miguel Ponte refere que a meta traçada é a de “continuar a evoluir” e de “fazer sempre o melhor” pelos seus clientes, “para que possam ter memórias especiais do seu dia, cheias de emoção e vida.” “Manter a Madeira e o Porto Santo” nas bocas do mundo é algo que assume como seu principal objetivo, uma vez que acredita que “todos acabamos por colher os frutos dessa promoção”. O fotógrafo de casamentos natural da Madeira foi o único português a vencer o primeiro lugar em alguma das 12 categorias dos FEP Awards, que elegeu como Fotógrafo Profissional Europeu do Ano 2021 Antti Karppinen, da Finlândia, que apresentou trabalhos nas categorias Publicidade/Comercial, Ilustração e Belas Artes e Natureza. Há mais nomes portugueses na lista de premiados, nomeadamente Luís Godinho e Rui Caria, segundo e quinto lugares na categoria Reportagem/Fotojornalismo, respetivamente; João Carlos, nono lugar em Moda e Beleza; Marcos Ribeiro, sexto lugar em Paisagem, e Valter Antunes, sétimo lugar em Casamento.

Miguel Ponte é fotógrafo europeu do ano na categoria Casamento
Madeirense foi distinguido na cerimónia conduzida pela Federação Europeia de Fotografia. O fotógrafo madeirense Miguel Ponte foi distinguido pela Federation of European Professional Photographers (FEP) nos FEP Awards, como o fotógrafo europeu do ano na categoria de Casamento. Miguel Ponte conquistou a ‘Golden Camera’ - o correspondente ao primeiro lugar -, na categoria ‘Wedding’ daquele concurso internacional que teve este ano a sua maior edição de sempre, no que toca ao número de participantes e de fotografias submetidas. A organização recebeu mais de 2.600 imagens, de mais de 300 fotógrafos provenientes de 25 países diferentes. Os resultados da competição foram anunciados no último domingo, numa cerimónia que decorreu via online pelo segundo ano consecutivo. Ao JM, Miguel Ponte partilha que a atribuição deste prémio “ainda é um pouco difícil de acreditar”, sendo o reconhecimento pela Federação Europeia de Fotografia “o prémio mais cobiçado por qualquer fotógrafo”. “Enche-me de orgulho, pois é fruto de muito trabalho e dedicação, mas também porque sou madeirense e não é todos os dias que conseguimos ultrapassar as barreiras da insularidade e ser reconhecidos internacionalmente”, acrescenta Miguel Ponte, salientando que “não é todos os dias que somos fotógrafos europeus do ano”, principalmente “numa das categorias com mais concorrentes, como é a da fotografia de casamento”. Miguel Ponte colocou a concurso oito dos seus trabalhos, desde reportagem em contexto de casamento a fotografias com casais em contextos naturais, e todos eles obtiveram notas de distinção e mérito. “Aquilo que me confere mais orgulho é o facto de serem fotos tiradas na Madeira. Foram essas fotos que conseguiram cativar os 30 jurados selecionados da associação”, regozija-se o fotógrafo. Objetivo é promover a Região No seguimento desta distinção, Miguel Ponte refere que a meta traçada é a de “continuar a evoluir” e de “fazer sempre o melhor” pelos seus clientes, “para que possam ter memórias especiais do seu dia, cheias de emoção e vida.” “Manter a Madeira e o Porto Santo” nas bocas do mundo é algo que assume como seu principal objetivo, uma vez que acredita que “todos acabamos por colher os frutos dessa promoção”. O fotógrafo de casamentos natural da Madeira foi o único português a vencer o primeiro lugar em alguma das 12 categorias dos FEP Awards, que elegeu como Fotógrafo Profissional Europeu do Ano 2021 Antti Karppinen, da Finlândia, que apresentou trabalhos nas categorias Publicidade/Comercial, Ilustração e Belas Artes e Natureza. Há mais nomes portugueses na lista de premiados, nomeadamente Luís Godinho e Rui Caria, segundo e quinto lugares na categoria Reportagem/Fotojornalismo, respetivamente; João Carlos, nono lugar em Moda e Beleza; Marcos Ribeiro, sexto lugar em Paisagem, e Valter Antunes, sétimo lugar em Casamento.