Médica madeirense quer implementar benefício das artes na saúde regional

O secretário regional de Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, recebeu no dia 28 de setembro, a médica especialista em Pedopsiquiatria com doutoramento na área das ciências médicas e neurociências no Instituto de Ciências Médicas da Universidade de Toronto, Carina Freitas.   Após seis anos de investimento pessoal e profissional em diferentes áreas, a médica regressou à Madeira e ao SESARAM. O governante com a tutela da área da Saúde, Pedro Ramos, fez questão de conhecer mais sobre as potencialidades  para a Região da diferenciação adquirida na área da Saúde e promoveu uma reunião de trabalho. A jovem médica deu a conhecer todo o seu percurso profissional e académico levado a cabo no Canadá e Estados Unidos e transmitiu a sua motivação para implementar no SESARAM um projeto na área da aplicação das artes na saúde. A médica com diferenciação pós graduada nesta área muniu-se, inclusive, de vários estudos promovidos pela Organização Mundial de Saúde bem como da sua experiência no Canadá para dar a conhecer as vantagens terapêuticas para o doente ao nível do bem estar físico, psíquico e social. Pedro Ramos acolheu a iniciativa da jovem médica especialista na área e assegurou que a dinamização do projeto das Artes na Saúde será uma realidade a médio prazo.  

Médica madeirense quer implementar benefício das artes na saúde regional
O secretário regional de Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, recebeu no dia 28 de setembro, a médica especialista em Pedopsiquiatria com doutoramento na área das ciências médicas e neurociências no Instituto de Ciências Médicas da Universidade de Toronto, Carina Freitas.   Após seis anos de investimento pessoal e profissional em diferentes áreas, a médica regressou à Madeira e ao SESARAM. O governante com a tutela da área da Saúde, Pedro Ramos, fez questão de conhecer mais sobre as potencialidades  para a Região da diferenciação adquirida na área da Saúde e promoveu uma reunião de trabalho. A jovem médica deu a conhecer todo o seu percurso profissional e académico levado a cabo no Canadá e Estados Unidos e transmitiu a sua motivação para implementar no SESARAM um projeto na área da aplicação das artes na saúde. A médica com diferenciação pós graduada nesta área muniu-se, inclusive, de vários estudos promovidos pela Organização Mundial de Saúde bem como da sua experiência no Canadá para dar a conhecer as vantagens terapêuticas para o doente ao nível do bem estar físico, psíquico e social. Pedro Ramos acolheu a iniciativa da jovem médica especialista na área e assegurou que a dinamização do projeto das Artes na Saúde será uma realidade a médio prazo.