Marta Freitas representa o PS no Conselho sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência

A deputada do Partido Socialista-Madeira à Assembleia da República volta a representar o Grupo Parlamentar do PS no Conselho Consultivo do Mecanismo Nacional de Monitorização da Implementação da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.   Marta Freitas, que já havia assumido esta posição no mandato anterior, foi agora reconduzida pelo Grupo Parlamentar Socialista, tendo tomado posse hoje. A parlamentar vê o facto de ter sido novamente escolhida não só como um reconhecimento da sua prestação durante o período em que assumiu este cargo, mas, principalmente, como um sinal de confiança no trabalho que tem vindo a desenvolver na Assembleia da República nas matérias ligadas aos direitos das pessoas com deficiência, tendo, desta forma, a possibilidade de acompanhar de perto a implementação da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência em todo território nacional, inclusive nas Regiões Autónomas.   "É com muita honra e sentido de responsabilidade que encaro a nomeação para este organismo que tem em vista a promoção, proteção e monitorização da implementação da Convenção", refere Marta Freitas, sublinhando a preocupação e a ação consistente que o Governo da República tem tido nesta matéria, com várias medidas sociais em prol da igualdade de direitos e da melhoria das condições de vida das pessoas com deficiência. Exemplos disso têm sido o reforço dos apoios sociais, a implementação do Modelo de Apoio à Vida Independente ou a aposta nas acessibilidades.   De referir que a deputada eleita pelo círculo eleitoral da Madeira integra igualmente o Grupo de Trabalho – Inclusão e Direitos das Pessoas com Deficiência, no âmbito da Comissão de Trabalho, Segurança Social e Inclusão, bem como a Subcomissão para a Igualdade, dentro da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

Marta Freitas representa o PS no Conselho sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência
A deputada do Partido Socialista-Madeira à Assembleia da República volta a representar o Grupo Parlamentar do PS no Conselho Consultivo do Mecanismo Nacional de Monitorização da Implementação da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.   Marta Freitas, que já havia assumido esta posição no mandato anterior, foi agora reconduzida pelo Grupo Parlamentar Socialista, tendo tomado posse hoje. A parlamentar vê o facto de ter sido novamente escolhida não só como um reconhecimento da sua prestação durante o período em que assumiu este cargo, mas, principalmente, como um sinal de confiança no trabalho que tem vindo a desenvolver na Assembleia da República nas matérias ligadas aos direitos das pessoas com deficiência, tendo, desta forma, a possibilidade de acompanhar de perto a implementação da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência em todo território nacional, inclusive nas Regiões Autónomas.   "É com muita honra e sentido de responsabilidade que encaro a nomeação para este organismo que tem em vista a promoção, proteção e monitorização da implementação da Convenção", refere Marta Freitas, sublinhando a preocupação e a ação consistente que o Governo da República tem tido nesta matéria, com várias medidas sociais em prol da igualdade de direitos e da melhoria das condições de vida das pessoas com deficiência. Exemplos disso têm sido o reforço dos apoios sociais, a implementação do Modelo de Apoio à Vida Independente ou a aposta nas acessibilidades.   De referir que a deputada eleita pelo círculo eleitoral da Madeira integra igualmente o Grupo de Trabalho – Inclusão e Direitos das Pessoas com Deficiência, no âmbito da Comissão de Trabalho, Segurança Social e Inclusão, bem como a Subcomissão para a Igualdade, dentro da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.