Máfia italiana desviou milhões de fundos europeus para agricultores

A polícia italiana anunciou hoje ter desmantelado uma rede da máfia na Sicília, que desviou milhões de euros de fundos europeus destinados a agricultores. A operação resultou na detenção de 94 pessoas, entre os quais se contam dois chefes de...

Máfia italiana desviou milhões de fundos europeus para agricultores
A polícia italiana anunciou hoje ter desmantelado uma rede da máfia na Sicília, que desviou milhões de euros de fundos europeus destinados a agricultores. A operação resultou na detenção de 94 pessoas, entre os quais se contam dois chefes de famílias da máfia, um notário, empresários e funcionários públicos responsáveis pelo acesso a esses fundos, anunciou a procuradoria de Messina, em comunicado. A chamada “máfia Tortorici” – nome que lhe foi dado devido à cidade onde opera, localizada nas montanhas Nebrodia, no nordeste da ilha – desviou, desde 2013, quase 10 milhões de euros de fundos europeus, informou a televisão pública Rai24. Para obter o financiamento europeu, o clã da máfia reivindicou fraudulentamente a propriedade de terras que pertenciam na verdade à região e aos concelhos locais. A operação contou com a cumplicidade de funcionários do organismo público responsável pelos subsídios agrícolas e que faz a distribuição dos fundos europeus aos agricultores, bem como dos centros responsáveis por auxiliar os agricultores nos pedidos de ajuda. Na acusação, o juiz Sergio Matroeni considerou que a fraude foi conseguida graças ao “apoio incondicional” de funcionários com “conhecimento necessário para fazer chegar a máfia ao centro do sistema público de financiamento” e explorar as falhas no controlo. Entre os detidos, 48 foram enviados para prisões e os restantes colocados em prisão domiciliar, divulgou a polícia.