Madeira participa na 6.ª reunião de consórcio do Projeto SMILE

Está a decorrer, na ilha de Texel, na Holanda, a 6.ª reunião de consórcio do projeto SMILE (SMart IsLand Energy systems). O encontro teve início esta quarta-feira, tendo o dia sido dedicado à análise da atividade dos primeiros 31 meses do projeto...

Madeira participa na 6.ª reunião de consórcio do Projeto SMILE
Está a decorrer, na ilha de Texel, na Holanda, a 6.ª reunião de consórcio do projeto SMILE (SMart IsLand Energy systems). O encontro teve início esta quarta-feira, tendo o dia sido dedicado à análise da atividade dos primeiros 31 meses do projeto e às previsões para os próximos 6 meses, com apresentações dos diversos parceiros. Hoje realiza-se um workshop sobre o potencial de replicação do projeto e envolvimento de stakeholders, que conta na sessão de abertura com o Mayor de Texel. Serão abordados temas como a atual situação e os principais desafios que Texel enfrenta, e apresentados os casos da Madeira, Orkney e Samso, ilhas-piloto do projeto SMILE. A reunião termina amanhã, com sessões técnicas sobre as três ilhas-piloto. Neste encontro estão a participar os 4 parceiros da Madeira – ACIF, EEM, MITI e PRSMA. O projeto SMILE é um projeto co-financiado pela Comissão Europeia, ao abrigo do programa Horizonte 2020 (Tópico LCE-02-2016 - Demonstration of smart grid, storage and system integration technologies with increasing share of renewables: distribution system). Neste projeto participam 4 entidades da Madeira (ACIF-CCIM, EEM, M-ITI e PRSMA), que têm estimado um orçamento total de 2,4 milhões para executar as atividades candidatadas. O projeto teve início em maio de 2017 e terá a duração de 4 anos, envolvendo 19 parceiros de 6 países, e conta com um orçamento global de cerca de 14 milhões de euros. O SMILE pretende testar diferentes soluções inovadoras, tecnológicas e não tecnológicas, em 3 ilhas europeias (Madeira, Orkneys na Escócia e Samsø na Dinamarca), que são projetos-piloto para demonstração de redes elétricas inteligentes, abrindo caminho para a sua introdução no mercado num futuro próximo. As soluções são variadas e incluem integração de baterias, aquecimento, acumulação de energia hídrica, veículos elétricos, armazenamento de energia em barcos e tarifas dinâmicas.