Homem violento que obrigava filhas a prostituírem-se é hoje julgado

Um homem de 56 anos começa hoje a ser julgado no Tribunal de Santarém depois de ser acusado de quatro crimes de violência doméstica e um crime de detenção de arma proibida. De acordo com o SOL, o homem é acusado de agredir – física e psicologicamente...

Homem violento que obrigava filhas a prostituírem-se é hoje julgado
Um homem de 56 anos começa hoje a ser julgado no Tribunal de Santarém depois de ser acusado de quatro crimes de violência doméstica e um crime de detenção de arma proibida. De acordo com o SOL, o homem é acusado de agredir – física e psicologicamente – a mulher, filhas e uma neta durante vários anos, na casa onde residiam. O crime de detenção de arma proibida de que também é acusado prende-se com o facto de ter em sua posse uma caçadeira, que terá restaurado depois de a encontrar no lixo. As agressões terão ocorrido na zona de Coruche. A falta de dinheiro e as despesas serão as razões apontadas para os comportamentos violentos do arguido, que ficava com o salário da mulher e obrigava as filhas a prostituírem-se para terem dinheiro. O homem, que foi detido em flagrante delito, em fevereiro deste ano, já tinha sido condenado, em 2003, a quatro anos e meio de prisão por tentativa de homicídio, após ter tentado matar um cunhado. O agressor chegou a estar em prisão preventiva, mas acabou por passar para prisão domiciliária, medida de coação que cumpre numa casa no concelho da Chamusca, afastado e proibido de contactar a família, segundo apurou o Correio da Manhã, citado pela mesma fonte.