Homem que matou seis pessoas a tiro em hospital checo suicidou-se

O homem que matou hoje a tiro seis pessoas numa sala de espera de um hospital da cidade checa de Ostrava, suicidou-se, disse a polícia local. “Nós encontramos o atirador. Um homem de 42 anos que disparou um tiro na cabeça depois de começar...

Homem que matou seis pessoas a tiro em hospital checo suicidou-se
O homem que matou hoje a tiro seis pessoas numa sala de espera de um hospital da cidade checa de Ostrava, suicidou-se, disse a polícia local. “Nós encontramos o atirador. Um homem de 42 anos que disparou um tiro na cabeça depois de começar a ser procurado pela polícia. Está morto”, indicaram as autoridades sobre o autor do ataque que fez seis mortos. Anteriormente, o primeiro-ministro da República Checa anunciava que as duas pessoas feridas na sequência dos disparos no hospital de Ostrava não tinham resistido aos ferimentos, aumentando para seis o número total de vítimas mortais. O primeiro-ministro Andrje Babis disse ainda à estação de televisão pública que os disparos de uma arma de fogo foram efetuados por um homem na sala de espera do hospital, tendo o atacante conseguido fugir do local. O ataque ocorreu às 07:00 (06:00 em Lisboa) no hospital da Universidade de Ostrava, 350 quilómetros a leste de Praga. O atacante suicidou-se, mas a polícia ainda não divulgou a identidade do indivíduo sendo que também se desconhecem os motivos do ataque.