GNR da Madeira lança Operação Guarda Sénior

O Comando Territorial da Madeira, através das suas diversas subunidades, apoia os seus militares na situação de reserva ou de reforma, e respetivos familiares mais diretos, no decorrer do estado de emergência, para aferir o seu estado de saúde e transmitir informações relativas à pandemia do COVID-19. Numa iniciativa do Comando Territorial da Madeira e dos Serviços Sociais da GNR, esta operação visa apoiar estes cidadãos pertencentes à família da Guarda, e que se enquadram nas camadas da população mais vulnerável, como é o caso dos idosos, principalmente os que vivem sozinhos e isolados dos centros populacionais mais ativos. Para além dos objetivos referidos anteriormente, a operação visa ainda: ·         Informar sobre as medidas para evitar a transmissão da pandemia do COVID-19 e os principais sintomas da doença; ·         Medidas a adotar para evitar a contaminação e transmissão da doença; ·         Normas em vigor, decorrentes do estado de emergência, a que os cidadãos com dever especial de proteção estão sujeitos; ·         Números telefónicos da linha COVID-19 do Centro Clínico da GNR; ·         Possibilidade de apoio da farmácia dos Serviços Sociais e do Centro Clínico da GNR para emissão de receita eletrónica; ·         Linha de apoio psicossocial da GNR. Na Região Autónoma da Madeira existem 636 beneficiários do sistema de apoio na a doença, dos quais 142 inserem-se nos grupos de risco da pandemia COVID-19 e que são acompanhados regularmente pelos militares do Comando Territorial da Madeira.

O Comando Territorial da Madeira, através das suas diversas subunidades, apoia os seus militares na situação de reserva ou de reforma, e respetivos familiares mais diretos, no decorrer do estado de emergência, para aferir o seu estado de saúde e transmitir informações relativas à pandemia do COVID-19. Numa iniciativa do Comando Territorial da Madeira e dos Serviços Sociais da GNR, esta operação visa apoiar estes cidadãos pertencentes à família da Guarda, e que se enquadram nas camadas da população mais vulnerável, como é o caso dos idosos, principalmente os que vivem sozinhos e isolados dos centros populacionais mais ativos. Para além dos objetivos referidos anteriormente, a operação visa ainda: ·         Informar sobre as medidas para evitar a transmissão da pandemia do COVID-19 e os principais sintomas da doença; ·         Medidas a adotar para evitar a contaminação e transmissão da doença; ·         Normas em vigor, decorrentes do estado de emergência, a que os cidadãos com dever especial de proteção estão sujeitos; ·         Números telefónicos da linha COVID-19 do Centro Clínico da GNR; ·         Possibilidade de apoio da farmácia dos Serviços Sociais e do Centro Clínico da GNR para emissão de receita eletrónica; ·         Linha de apoio psicossocial da GNR. Na Região Autónoma da Madeira existem 636 beneficiários do sistema de apoio na a doença, dos quais 142 inserem-se nos grupos de risco da pandemia COVID-19 e que são acompanhados regularmente pelos militares do Comando Territorial da Madeira.