Futebol feminino do Sporting de Braga regressou hoje aos trabalhos

A equipa de futebol feminino do Sporting de Braga apresentou-se hoje para preparar a temporada 2020/21, na qual haverá uma maior aposta na formação, mas com a mesma ambição de ganhar todos os jogos. Último campeão nacional (2018/19), já que a última temporada não terminou devido à pandemia de covid-19, o Sporting de Braga apresentou-se na Cidade Desportiva do clube esta quinta-feira e vai dedicar os primeiros dias a exames médicos e testes físicos. O trabalho no relvado inicia-se na próxima segunda-feira. Apresentaram-se 17 jogadoras: Marie Hourihan, Luísa Pinheiro, Babi Marques, Barbosinha, Maria Gaspar, Eduarda Silva, Ágata Filipa, Regina, Andreia Norton, Dolores Silva, Sofia Silva, Inês Maia, Hannah Keane, Diana Gomes, Ana Teles, Laura Luís e Daniuska. Nos próximos dias, a lateral direita brasileira Rayanne integrará os trabalhos, informou o clube. "É um sentimento fantástico estar de regresso e poder ver as jogadoras e a minha equipa técnica. Voltamos com vontade de iniciar bem a época", disse o técnico Miguel Santos, ao sítio oficial do clube. Miguel Santos frisou a aposta na formação e que o plantel lhe dá "total confiança". "Os adeptos do Sporting de Braga podem esperar uma equipa competitiva e que vai entrar em todos os jogos para vencer. Vamos continuar a apostar na formação. No plantel desta época contamos com sete jogadoras que passaram pela formação do Sporting de Braga. É um plantel que me dá total confiança", disse. Uma das mais experientes do plantel, a internacional portuguesa Dolores mostrou satisfação pelo regresso e prometeu lutar por títulos. "Estávamos ansiosas por nos voltar a ver depois da paragem que tivemos. Estamos muito felizes por regressarmos ao trabalho. Podem esperar o mesmo que nos últimos anos. Vamos trabalhar para conquistar títulos para o clube e para dar alegrias aos adeptos", disse.

Futebol feminino do Sporting de Braga regressou hoje aos trabalhos
A equipa de futebol feminino do Sporting de Braga apresentou-se hoje para preparar a temporada 2020/21, na qual haverá uma maior aposta na formação, mas com a mesma ambição de ganhar todos os jogos. Último campeão nacional (2018/19), já que a última temporada não terminou devido à pandemia de covid-19, o Sporting de Braga apresentou-se na Cidade Desportiva do clube esta quinta-feira e vai dedicar os primeiros dias a exames médicos e testes físicos. O trabalho no relvado inicia-se na próxima segunda-feira. Apresentaram-se 17 jogadoras: Marie Hourihan, Luísa Pinheiro, Babi Marques, Barbosinha, Maria Gaspar, Eduarda Silva, Ágata Filipa, Regina, Andreia Norton, Dolores Silva, Sofia Silva, Inês Maia, Hannah Keane, Diana Gomes, Ana Teles, Laura Luís e Daniuska. Nos próximos dias, a lateral direita brasileira Rayanne integrará os trabalhos, informou o clube. "É um sentimento fantástico estar de regresso e poder ver as jogadoras e a minha equipa técnica. Voltamos com vontade de iniciar bem a época", disse o técnico Miguel Santos, ao sítio oficial do clube. Miguel Santos frisou a aposta na formação e que o plantel lhe dá "total confiança". "Os adeptos do Sporting de Braga podem esperar uma equipa competitiva e que vai entrar em todos os jogos para vencer. Vamos continuar a apostar na formação. No plantel desta época contamos com sete jogadoras que passaram pela formação do Sporting de Braga. É um plantel que me dá total confiança", disse. Uma das mais experientes do plantel, a internacional portuguesa Dolores mostrou satisfação pelo regresso e prometeu lutar por títulos. "Estávamos ansiosas por nos voltar a ver depois da paragem que tivemos. Estamos muito felizes por regressarmos ao trabalho. Podem esperar o mesmo que nos últimos anos. Vamos trabalhar para conquistar títulos para o clube e para dar alegrias aos adeptos", disse.