Falta de água no Hospital só fica resolvida na manhã da véspera de Natal

Ao longo do dia, camiões cisternas dos bombeiros com milhares de litros de água têm abastecido os tanques do Hospital, de forma a não agravar o seu normal funcionamento. O plano de contingência do SESARAM evitou que a situação se agravasse. ...

Falta de água no Hospital só fica resolvida na manhã da véspera de Natal
Ao longo do dia, camiões cisternas dos bombeiros com milhares de litros de água têm abastecido os tanques do Hospital, de forma a não agravar o seu normal funcionamento. O plano de contingência do SESARAM evitou que a situação se agravasse.   A Câmara Municipal do Funchal convocou mais trabalhadores para trabalhar toda a noite e resolver um problema grave que afeta a maior unidade hospitalar da Região.   O problema do fornecimento da água ao Hospital Dr. Nélio Mendonça, tal como avançou em primeira mão o JM, só deve ficar totalmente resolvido na manhã da véspera de Natal. Segundo uma fonte da Autarquia, os trabalhos de reparação vão continuar noite dentro na zona das Virtudes, de forma a garantir o normal fornecimento de água à principal Unidade Hospitalar da Madeira.  Foram convocados mais trabalhadores do departamento de águas, que vão trabalhar toda a noite para reestabelecer toda a rede pública de água nas Virtudes. Por sua vez, uma fonte do Serviço Regional de Saúde da RAM (SESARAM) garantiu ao JM que a pronta ativação do “plano de contingência” por parte da presidente, Rafael Fernandes, evitou que a situação se gravasse. Mesmo assim, há uma cirurgia que não foi possível realizar por causa da falta de água e outras que foram adiantas, numa situação que considera muito grave e com prejuízos para o utente e para o SESARAM..