EUA/Eleições: Sondagem na Florida fornece quatro pontos de vantagem para Biden

O mais que provável candidato presidencial democrata Joe Biden garante uma vantagem de quatro pontos percentuais no crucial Estado da Florida face ao Presidente Donald Trump, indica uma nova sondagem sobre as presidenciais de 03 de novembro nos EUA. A sondagem fornece 50% das intenções de voto a Biden contra 46% para Trump, enquanto 4% dos inquiridos no estudo da empresa Mason-Dixon, todos registados como eleitores, ainda não decidiu em quem votar. O ex-vice-Presidente Biden tem os seus maiores seguidores entre os democratas (87% face a 9% de Trump), os independentes (52%-43%), as mulheres (53%-43%), os afro-americanos (88%-6%), os hispânicos (56%-39%) e as pessoas entre 18 e 34 anos (66%-29%). O Presidente Trump lidera as intenções de voto entre os republicanos (87%-10%), os homens (49%-47%), os brancos (57%-40%) e os maiores de 50 anos (51%-46%). A Florida é um Estado muito cobiçado pelos 29 votos que garante ao colégio eleitoral e onde os candidatos são forçados a um maior empenho, por não existir um padrão de voto fixo. Em 2016 o republicano Trump venceu na Florida, mas quatro anos antes o escolhido foi o democrata Barack Obama. Trump possui o seu bastão no norte do Estado (57% face a 40% para Biden), e também lidera no centro da Florida (54%-42%) e no sudoeste (56%-41%). No entanto, o democrata tem uma importante vantagem no populoso e maioritariamente hispânico sudeste da Florida (65%-31%). A sondagem foi realizada por telefone a 625 eleitores da Florida escolhidos aleatoriamente e tem uma margem de erro inferior a 4 pontos. De acordo com o portal RealClearPolitics, a média das sondagens até agora realizadas sobre as eleições fornece uma vantagem de oito pontos para Biden.

EUA/Eleições: Sondagem na Florida fornece quatro pontos de vantagem para Biden
O mais que provável candidato presidencial democrata Joe Biden garante uma vantagem de quatro pontos percentuais no crucial Estado da Florida face ao Presidente Donald Trump, indica uma nova sondagem sobre as presidenciais de 03 de novembro nos EUA. A sondagem fornece 50% das intenções de voto a Biden contra 46% para Trump, enquanto 4% dos inquiridos no estudo da empresa Mason-Dixon, todos registados como eleitores, ainda não decidiu em quem votar. O ex-vice-Presidente Biden tem os seus maiores seguidores entre os democratas (87% face a 9% de Trump), os independentes (52%-43%), as mulheres (53%-43%), os afro-americanos (88%-6%), os hispânicos (56%-39%) e as pessoas entre 18 e 34 anos (66%-29%). O Presidente Trump lidera as intenções de voto entre os republicanos (87%-10%), os homens (49%-47%), os brancos (57%-40%) e os maiores de 50 anos (51%-46%). A Florida é um Estado muito cobiçado pelos 29 votos que garante ao colégio eleitoral e onde os candidatos são forçados a um maior empenho, por não existir um padrão de voto fixo. Em 2016 o republicano Trump venceu na Florida, mas quatro anos antes o escolhido foi o democrata Barack Obama. Trump possui o seu bastão no norte do Estado (57% face a 40% para Biden), e também lidera no centro da Florida (54%-42%) e no sudoeste (56%-41%). No entanto, o democrata tem uma importante vantagem no populoso e maioritariamente hispânico sudeste da Florida (65%-31%). A sondagem foi realizada por telefone a 625 eleitores da Florida escolhidos aleatoriamente e tem uma margem de erro inferior a 4 pontos. De acordo com o portal RealClearPolitics, a média das sondagens até agora realizadas sobre as eleições fornece uma vantagem de oito pontos para Biden.