EUA/Eleições: Donald Trump diz que pagou “milhões de dólares” em impostos

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que pagou "milhões de dólares" em impostos federais, durante o primeiro debate presidencial, sem especificar montantes nem se comprometer a divulgar a sua declaração de impostos. "Paguei milhões em impostos sobre o rendimento", afirmou, respondendo a uma questão do moderador do debate, Chris Wallace, depois de uma investigação do New York Times, que terá tido acesso às declarações de impostos de Donald Trump, ter concluído que o Presidente norte-americano pagou apenas 750 dólares por ano desde o início da sua presidência. "Vocês vão ver", disse Trump, sobre as declarações de impostos que até agora não divulgou porque, segundo diz, estão sob auditoria. O Presidente dos EUA não se comprometeu, todavia, à revelação das suas declarações de impostos. Ainda assim, Trump afirmou que, tal como qualquer cidadão, "não quer pagar impostos" e procura todas as formas de dedução para reduzir o que paga. Joe Biden, o oponente democrata, acusou Trump de pagar muito pouco, "apenas 750 dólares" de impostos federais sobre o rendimento e de ter criado uma economia que funciona para milionários. "O código fiscal colocou-o na posição de pagar menos impostos que um professor", criticou Biden, declarando que, se for eleito Presidente, vai voltar a subir a taxa de imposto às empresas para 28%. A subida, disse, resolverá o problema atual de haver grandes empresas que pagam pouco ou nada em impostos. Num primeiro debate muito conflituoso, foram abordados outros temas quentes da campanha, incluindo o Tribunal Supremo, a covid-19, as tensões raciais e o histórico de ambos. Joe Biden, numa das várias situações em que Donald Trump o interrompeu, retorquiu algo que pode ser traduzido como "vais-te calar, homem?". Estão marcados mais dois debates, sendo que a acrimónia desta noite levou alguns comentadores da CNN, estação que transmitiu o debate, a questionar se Joe Biden deverá ou não continuar com o plano de voltar a estar em palco com Trump. O próximo debate do ciclo eleitoral será entre os candidatos a vice-presidente, Mike Pence (republicanos) e Kamala Harris (democratas), a 07 de outubro.

EUA/Eleições: Donald Trump diz que pagou “milhões de dólares” em impostos
O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que pagou "milhões de dólares" em impostos federais, durante o primeiro debate presidencial, sem especificar montantes nem se comprometer a divulgar a sua declaração de impostos. "Paguei milhões em impostos sobre o rendimento", afirmou, respondendo a uma questão do moderador do debate, Chris Wallace, depois de uma investigação do New York Times, que terá tido acesso às declarações de impostos de Donald Trump, ter concluído que o Presidente norte-americano pagou apenas 750 dólares por ano desde o início da sua presidência. "Vocês vão ver", disse Trump, sobre as declarações de impostos que até agora não divulgou porque, segundo diz, estão sob auditoria. O Presidente dos EUA não se comprometeu, todavia, à revelação das suas declarações de impostos. Ainda assim, Trump afirmou que, tal como qualquer cidadão, "não quer pagar impostos" e procura todas as formas de dedução para reduzir o que paga. Joe Biden, o oponente democrata, acusou Trump de pagar muito pouco, "apenas 750 dólares" de impostos federais sobre o rendimento e de ter criado uma economia que funciona para milionários. "O código fiscal colocou-o na posição de pagar menos impostos que um professor", criticou Biden, declarando que, se for eleito Presidente, vai voltar a subir a taxa de imposto às empresas para 28%. A subida, disse, resolverá o problema atual de haver grandes empresas que pagam pouco ou nada em impostos. Num primeiro debate muito conflituoso, foram abordados outros temas quentes da campanha, incluindo o Tribunal Supremo, a covid-19, as tensões raciais e o histórico de ambos. Joe Biden, numa das várias situações em que Donald Trump o interrompeu, retorquiu algo que pode ser traduzido como "vais-te calar, homem?". Estão marcados mais dois debates, sendo que a acrimónia desta noite levou alguns comentadores da CNN, estação que transmitiu o debate, a questionar se Joe Biden deverá ou não continuar com o plano de voltar a estar em palco com Trump. O próximo debate do ciclo eleitoral será entre os candidatos a vice-presidente, Mike Pence (republicanos) e Kamala Harris (democratas), a 07 de outubro.