EUA afirmam que Kim Jong Un está em estado grave após cirurgia ao coração

De acordo com uma fonte oficial dos Estados Unidos, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, está em estado grave após ter sido submetido a uma cirurgia ao coração, na semana passada.  Segundo o Daily NK, um jornal online da Coreia do Sul, Kim Jong Un foi submetido a uma operação do sistema cardiovascular no passado dia 12, devido ao "tabagismo excessivo, obesidade e excesso de trabalho". Depois da operação, terá sido levado para Hyangsan onde está a receber acompanhamento médico.  Contudo, apesar desta informação, a situação ainda não foi confirmada pelas entidades oficiais da Coreia do Norte. Se o líder foi ou não submetido a uma cirugia, este é um segredo que está a ser guardado a sete chaves e apenas um círculo muito restrito de pessoas sabe do que está a acontecer. A estação televisiva norte-americana, CNN, já tentou entrar em contacto com várias fontes do Governo sul-coreano para confirmar o estado de saúde do líder norte-coreano, e, até estes, se recusaram a comentar.  Bruce Klingner, ex-vice-chefe de divisão da CIA na Coreia do Norte também já veio a público explicar que esta não é a primeira vez que existem rumores sobre a saúde de Kim Jong Un. O líder da Coreia do Norte esteve desaparecido durante mais de um mês, em 2014. Mais tarde, voltou com uma bengala, tendo sido mais tarde confirmado que este tinha removido um quisto do joelho.   

EUA afirmam que Kim Jong Un está em estado grave após cirurgia ao coração
De acordo com uma fonte oficial dos Estados Unidos, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, está em estado grave após ter sido submetido a uma cirurgia ao coração, na semana passada.  Segundo o Daily NK, um jornal online da Coreia do Sul, Kim Jong Un foi submetido a uma operação do sistema cardiovascular no passado dia 12, devido ao "tabagismo excessivo, obesidade e excesso de trabalho". Depois da operação, terá sido levado para Hyangsan onde está a receber acompanhamento médico.  Contudo, apesar desta informação, a situação ainda não foi confirmada pelas entidades oficiais da Coreia do Norte. Se o líder foi ou não submetido a uma cirugia, este é um segredo que está a ser guardado a sete chaves e apenas um círculo muito restrito de pessoas sabe do que está a acontecer. A estação televisiva norte-americana, CNN, já tentou entrar em contacto com várias fontes do Governo sul-coreano para confirmar o estado de saúde do líder norte-coreano, e, até estes, se recusaram a comentar.  Bruce Klingner, ex-vice-chefe de divisão da CIA na Coreia do Norte também já veio a público explicar que esta não é a primeira vez que existem rumores sobre a saúde de Kim Jong Un. O líder da Coreia do Norte esteve desaparecido durante mais de um mês, em 2014. Mais tarde, voltou com uma bengala, tendo sido mais tarde confirmado que este tinha removido um quisto do joelho.