DGS ouvida hoje no parlamento sobre medidas contra a epidemia que já fez mais de 4.000 mortes

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, é ouvida hoje no parlamento sobre as medidas de prevenção e de combate ao novo coronavírus, numa altura em que a epidemia está a aumentar e Portugal regista pelo menos 39 infeções. A audição de Graça...

DGS ouvida hoje no parlamento sobre medidas contra a epidemia que já fez mais de 4.000 mortes
A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, é ouvida hoje no parlamento sobre as medidas de prevenção e de combate ao novo coronavírus, numa altura em que a epidemia está a aumentar e Portugal regista pelo menos 39 infeções. A audição de Graça Freitas na Comissão Parlamentar de Saúde foi pedida pelo Bloco de Esquerda e pelo PSD, que quer “obter esclarecimentos sobre as medidas que estão a ser tomadas com vista a defender a saúde pública e a proteger a saúde dos cidadãos e da comunidade face à probabilidade de propagação do novo coronavírus”. Esta audição ocorre numa altura em que a epidemia do novo coronavírus, que provoca a doença Covid-19, tem vindo a aumentar e já atinge mais de 110 mil pessoas, com cerca de quatro mil mortes, em mais de 100 países e territórios. Em Portugal, registaram -se mais de 300 casos suspeitos e 39 infeções confirmadas. Outro assunto a abordar na audição da diretora-geral da Saúde, por requerimento do PSD e do BE, é “o aumento da taxa de mortalidade materna” e sobre “o agravamento das taxas de mortalidade materna e infantil”. O PSD quer ainda “obter informação detalhada, rigorosa e atualizada sobre as reais condições de segurança dos profissionais de saúde”.