Curso na Proteção Civil quer responder às carências da Região já no próximo ano

A Madeira tem falta de recursos humanos com formação para reforçar quadros nos bombeiros, nas empresas e nas autarquias na área da proteção de pessoas e bens. Para responder às carências da Região, onde não existe formação neste segmento, a...

Curso na Proteção Civil quer responder às carências da Região já no próximo ano
A Madeira tem falta de recursos humanos com formação para reforçar quadros nos bombeiros, nas empresas e nas autarquias na área da proteção de pessoas e bens. Para responder às carências da Região, onde não existe formação neste segmento, a Universidade da Madeira (UMa), através da Escola Superior de Tecnologias e Gestão, e a Secretaria Regional de Saúde e Proteção Civil assinaram, esta quarta-feira, um protocolo de cooperação para a realização de um Curso Técnico Superior Profissional de Proteção Civil na Madeira, que deve arrancar já no ano letivo 2020/2021. Se for aprovado pela Direção Geral do Ensino Superior, este curso vai abrir no mínimo 24 vagas para quem quiser se formar ou aprofundar conhecimentos na área da Proteção Civil, ficando apto a fazer gestão e ocorrências, planeamento de operações e emergência, entre outros procedimentos. “Serão preparados para atuar ao nível das instituições ligadas à Proteção Civil, mas também em empresas onde é necessário ter atuações ao nível da proteção de pessoas e bens”, explica João Prudente, presidente da Escola Superior de Tecnologias e Gestão. O curso terá a duração de 2 anos, quatro 4 semestres, sendo o último estágio feito no âmbito de uma das entidades ou empresas ligadas à área. A formação está aberta também a bombeiros, mas todos os formandos têm de ter no mínimo o 12º ano. Para o secretário regional com a tutela da Saúde na Madeira, este é mais um sinal da aposta do Executivo regional na formação, que tem tido “muito bons resultados nos últimos cinco anos”. Pedro Ramos recordou, esta quarta-feira, um investimento de 21 milhões no setor, 600 mil euros dos quais foram aplicados na formação dos profissionais.