Cristas diz que voto no "partido mais humano" permitirá fazer justiça social

A líder no CDS-PP garantiu, ao início da tarde deste sábado, que a prioridade do seu partido é libertar as famílias e as empresas das elevadas taxas de impostos, para que as pessoas deixem de trabalhar apenas para pagar o básico, do dia a dia. ...

Cristas diz que voto no "partido mais humano" permitirá fazer justiça social
A líder no CDS-PP garantiu, ao início da tarde deste sábado, que a prioridade do seu partido é libertar as famílias e as empresas das elevadas taxas de impostos, para que as pessoas deixem de trabalhar apenas para pagar o básico, do dia a dia.  Assunção Cristas quer que os portugueses possam concretizar os seus sonhos, ao invés de trabalharem tanto para os impostos. Em segundo lugar, prosseguiu, há que dar saúde e qualidade de vida para todos. "Um partido humano como o CDS coloca sempre as pessoas em primeiro lugar! Queremos que todas as pessoas tenham acesso à saúde, queremos fazer justiça social", disse, perante centenas de pessoas que hoje participam neste comício, na Fajã da Ovelha. "Defendemos consultas de especialidade em tempo útil e achamos que toda a gente deveria poder descontar para a ADSE e ter acesso a vantagens", prosseguiu, garantindo que o CDS vai continuar a lutar por uma rede de cuidadores, para que não hajam idosos abandonados em casa. Além disso, referiu, "o país precisa de crianças, de famílias a cumprirem os seus sonhos de vida. Mas não há onde pôr as crianças. Queremos creches, com cobertura total, a 100%. Queremos pegar no que existe e fazer mais e resolver esta questão". Cristas defendeu ainda a licença de um ano, entre pai e mãe, para que as famílias possam cuidar dos seus filhos até fazerem um ano de vida. "Isso acontece nos países em que as taxas de fecundidade são elevadas", lembrou. Outra das bandeiras do CDS  é combater a corrupção. "Nós não temos medo de lutar contra a corrupção, precisamos de meios com consistência", disse, concluindo que  faz sentido votar no CDS para termos força no centro e na direta". "Teremos um país mais arrojado, mais justo e com mais ambição", finalizou, convidando todos os presentes ao almoço que decorre, neste momento, no Parque de Merendas das Faias, na Fajã da Ovelha. O comício prolonga-se até o final da tarde, com Roni de Melo e a dupla Sandra & Ricardo.