Covid: Número de mortes sobe na Bélgica mas novos casos recuam

A Bélgica registou nas últimas 24 horas 137 novos casos de infeção pela covid-19, menos que no dia anterior, e uma subida no número de mortes, contando 36, segundo dados oficiais hoje divulgados. Segundo o boletim epidemiológico hoje divulgado, nas últimas 24 horas houve menos 61 novos casos de contaminação pelo coronavírus SARS-CoV-2 do que os registados na terça-feira (198), com um total de 57.592. Foram ainda reportadas 36 mortes (mais 13 do que as 23 da véspera), totalizando agora a Bélgica 9.364 óbitos confirmados e possíveis devido à covid-19. Nas últimas 24 horas deram entrada no hospital 36 pessoas (17. 127 no total) e tiveram alta 145 (15.465). Entre o início de março e 26 de maio, foram realizados 482.656 testes na Bélgica. A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 350 mil mortos e infetou mais de 5,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Cerca de 2,2 milhões de doentes foram considerados curados.

Covid: Número de mortes sobe na Bélgica mas novos casos recuam
A Bélgica registou nas últimas 24 horas 137 novos casos de infeção pela covid-19, menos que no dia anterior, e uma subida no número de mortes, contando 36, segundo dados oficiais hoje divulgados. Segundo o boletim epidemiológico hoje divulgado, nas últimas 24 horas houve menos 61 novos casos de contaminação pelo coronavírus SARS-CoV-2 do que os registados na terça-feira (198), com um total de 57.592. Foram ainda reportadas 36 mortes (mais 13 do que as 23 da véspera), totalizando agora a Bélgica 9.364 óbitos confirmados e possíveis devido à covid-19. Nas últimas 24 horas deram entrada no hospital 36 pessoas (17. 127 no total) e tiveram alta 145 (15.465). Entre o início de março e 26 de maio, foram realizados 482.656 testes na Bélgica. A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 350 mil mortos e infetou mais de 5,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Cerca de 2,2 milhões de doentes foram considerados curados.