Covid-19: França ultrapassa 10.000 mortos com mais 607 óbitos num dia

O número total de mortos em França devido à pandemia de covid-19 é agora de 10.328, tanto em meio hospitalar como nos lares e há 30.000 casos registados apenas em lares, anunciou hoje fonte oficial. Segundo anunciou Jérôme Salomon, diretor-geral da Saúde, desde 01 de março foram registadas, em meio hospitalar, 7.091 mortes, e nos lares morreram outras 3.237 pessoas. Se é possível contabilizar que nas últimas 24 horas houve 607 novos óbitos em meio hospitalar, quanto aos lares, que registaram um aumento de 820 óbitos, Salomon afirmou que os números dizem respeito a todo o período do fim de semana. Ainda em relação aos lares, o diretor-geral da Saúde indicou que há 30.902 casos confirmados de covid-19 nestas estruturas. Há atualmente 30 mil pessoas hospitalizadas em França e 7.313 destes pacientes estão nos cuidados intensivos. Daquelas, 104 em estado grave têm menos de 30 anos. Com a concentração de esforços médicos na luta contra a covid-19, Salomon lembrou que as restantes doenças ou situações de saúde como a gravidez, continuam a ser acompanhadas e que estes cuidados não podem ser negados. "Não se deve renunciar aos cuidados de saúde indispensáveis", indicou. O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 75 mil. Dos casos de infeção, cerca de 290 mil são considerados curados.

Covid-19: França ultrapassa 10.000 mortos com mais 607 óbitos num dia
O número total de mortos em França devido à pandemia de covid-19 é agora de 10.328, tanto em meio hospitalar como nos lares e há 30.000 casos registados apenas em lares, anunciou hoje fonte oficial. Segundo anunciou Jérôme Salomon, diretor-geral da Saúde, desde 01 de março foram registadas, em meio hospitalar, 7.091 mortes, e nos lares morreram outras 3.237 pessoas. Se é possível contabilizar que nas últimas 24 horas houve 607 novos óbitos em meio hospitalar, quanto aos lares, que registaram um aumento de 820 óbitos, Salomon afirmou que os números dizem respeito a todo o período do fim de semana. Ainda em relação aos lares, o diretor-geral da Saúde indicou que há 30.902 casos confirmados de covid-19 nestas estruturas. Há atualmente 30 mil pessoas hospitalizadas em França e 7.313 destes pacientes estão nos cuidados intensivos. Daquelas, 104 em estado grave têm menos de 30 anos. Com a concentração de esforços médicos na luta contra a covid-19, Salomon lembrou que as restantes doenças ou situações de saúde como a gravidez, continuam a ser acompanhadas e que estes cuidados não podem ser negados. "Não se deve renunciar aos cuidados de saúde indispensáveis", indicou. O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 75 mil. Dos casos de infeção, cerca de 290 mil são considerados curados.