Covid-19: Athletic Bilbau e Real Sociedad querem final da Taça do Rei com público

Athletic Bilbau e Real Sociedad solicitaram hoje à federação de futebol espanhola para que a final da Taça do Rei, prevista para 18 de abril e que devido à covid-19 aguarda nova data, seja “disputada com público”. “Os presidentes do Athletic Bilbau e da Real Sociedad (…) concordaram pedir à federação que a final da Taça do Rei possa ser realizada com público e, oficialmente, de porta aberta, numa data futura a ser determinada por acordo entre as três partes”, lê-se no comunicado dos clubes bascos. O pedido à Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) ocorre depois da UEFA ter fixado a data de 25 de maio para que as federações ou ligas nacionais a informem sobre o plano de reinício das competições internas, incluindo a data de reinício e o modelo competitivo. Os dois clubes bascos reiteram que “sempre foi o desejo e vontade” de ambos em jogar com os “adeptos nas bancadas”, para assim celebrar o título que possa ser considerado “oficial”, temendo que a sua não realização em tempo oportuno prejudique os oponentes. Em causa a possibilidade da competição não ser decidida dentro das datas limites impostas pela UEFA [03 de agosto], o que faria com que a vaga em causa para a Liga Europa fosse atribuída ao sétimo classificado no campeonato. A Real Sociedad é presentemente quarta classificada na Liga espanhola, com 46 pontos, enquanto o Athletic é 10.º com 37, em prova lidera pelo FC Barcelona com 58, mais dois do que o Real Madrid. Com o pedido feito à RFEF, os rivais unem-se no propósito de “valorizar um dos eventos desportivos mais prestigiados e tradicionais do futebol mundial”. Em Espanha, morreram 25.428 pessoas das mais de 218 mil confirmadas como infetadas.

Covid-19: Athletic Bilbau e Real Sociedad querem final da Taça do Rei com público
Athletic Bilbau e Real Sociedad solicitaram hoje à federação de futebol espanhola para que a final da Taça do Rei, prevista para 18 de abril e que devido à covid-19 aguarda nova data, seja “disputada com público”. “Os presidentes do Athletic Bilbau e da Real Sociedad (…) concordaram pedir à federação que a final da Taça do Rei possa ser realizada com público e, oficialmente, de porta aberta, numa data futura a ser determinada por acordo entre as três partes”, lê-se no comunicado dos clubes bascos. O pedido à Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) ocorre depois da UEFA ter fixado a data de 25 de maio para que as federações ou ligas nacionais a informem sobre o plano de reinício das competições internas, incluindo a data de reinício e o modelo competitivo. Os dois clubes bascos reiteram que “sempre foi o desejo e vontade” de ambos em jogar com os “adeptos nas bancadas”, para assim celebrar o título que possa ser considerado “oficial”, temendo que a sua não realização em tempo oportuno prejudique os oponentes. Em causa a possibilidade da competição não ser decidida dentro das datas limites impostas pela UEFA [03 de agosto], o que faria com que a vaga em causa para a Liga Europa fosse atribuída ao sétimo classificado no campeonato. A Real Sociedad é presentemente quarta classificada na Liga espanhola, com 46 pontos, enquanto o Athletic é 10.º com 37, em prova lidera pelo FC Barcelona com 58, mais dois do que o Real Madrid. Com o pedido feito à RFEF, os rivais unem-se no propósito de “valorizar um dos eventos desportivos mais prestigiados e tradicionais do futebol mundial”. Em Espanha, morreram 25.428 pessoas das mais de 218 mil confirmadas como infetadas.