Covid-19: Alemanha regista quase 6.000 novos casos em 24 horas

A Alemanha contabilizou 5.780 novos casos diagnosticados nas últimas 24 horas, registando, no total, 42.288 casos e 253 vítimas mortais, segundo dados oficiais do Instituto Robert Koch. A entidade responsável pela prevenção e controlo de doenças indica que a Baviera, o maior estado federado do país, concentra o maior número de infetados, 9.481. Mas é na região da Renânia do Norte-Vestefália que se verifica maior mortalidade: 72 pessoas com covid-19 já perderam a vida. O ministério da Investigação alemão anunciou esta semana uma verba de 150 milhões de euros para a criação de uma rede com o objetivo de melhorar a cooperação entre laboratórios e hospitais universitários. A Alemanha realiza, por semana, meio milhão de testes para diagnosticar a covid-19. Angela Merkel pediu esta quinta-feira aos cidadãos paciência. A chanceler revelou estar contra o abrandamento das medidas restritivas logo depois da Páscoa. sublinhando que este “não é o momento” para falar disso. O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais 505 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram cerca de 23.000. Dos casos de infeção, pelo menos 108.900 são considerados curados. Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Covid-19: Alemanha regista quase 6.000 novos casos em 24 horas
A Alemanha contabilizou 5.780 novos casos diagnosticados nas últimas 24 horas, registando, no total, 42.288 casos e 253 vítimas mortais, segundo dados oficiais do Instituto Robert Koch. A entidade responsável pela prevenção e controlo de doenças indica que a Baviera, o maior estado federado do país, concentra o maior número de infetados, 9.481. Mas é na região da Renânia do Norte-Vestefália que se verifica maior mortalidade: 72 pessoas com covid-19 já perderam a vida. O ministério da Investigação alemão anunciou esta semana uma verba de 150 milhões de euros para a criação de uma rede com o objetivo de melhorar a cooperação entre laboratórios e hospitais universitários. A Alemanha realiza, por semana, meio milhão de testes para diagnosticar a covid-19. Angela Merkel pediu esta quinta-feira aos cidadãos paciência. A chanceler revelou estar contra o abrandamento das medidas restritivas logo depois da Páscoa. sublinhando que este “não é o momento” para falar disso. O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais 505 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram cerca de 23.000. Dos casos de infeção, pelo menos 108.900 são considerados curados. Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.