CDU aponta “erradas políticas de Apoio Social Escolar” na Madeira

A CDU promoveu, esta quinta feira, no Funchal, às portas da Secretaria Regional da Educação, uma iniciativa política sobre o que considera “os problemas das erradas políticas de Apoio Social Escolar”. Nesta iniciativa, o coordenador regional da CDU, Edgar Silva, disse que “é estranho o facto de o Governo Regional da Madeira, em vez do reforço dos apoios sociais no acesso à escolarização, quando se agravam as dificuldades económicas da maior parte da população, quando se justificam medidas adicionais de apoio social, pelo contrário, o Governo Regional aumenta dificuldades no acesso à escola e à educação”. “Esta Região é a única em Portugal em que não está a ser aplicada a gratuitidade dos manuais escolares para todos os estudantes”, afirmou. “Esta é a Região em que as refeições fornecidas pela escola sofrem aumentos de preços, em lugar do aumento dos apoios sociais. Esta é uma Região onde se registam das maiores dificuldades no acesso ao transporte público e onde, apesar de todas a s nossas reivindicações, o passe escolar continua a não ser gratuito. Na verdade, o Apoio Social Escolar nesta Região Autónoma é um dos mais claros exemplos das erradas prioridades da governação.” Para a CDU, referiu, a democratização da educação requer a gratuidade dos manuais escolares em toda a escolaridade obrigatória e garantia de transportes, alojamento e alimentação para os estudantes que deles careçam.

CDU aponta “erradas políticas de Apoio Social Escolar” na Madeira
A CDU promoveu, esta quinta feira, no Funchal, às portas da Secretaria Regional da Educação, uma iniciativa política sobre o que considera “os problemas das erradas políticas de Apoio Social Escolar”. Nesta iniciativa, o coordenador regional da CDU, Edgar Silva, disse que “é estranho o facto de o Governo Regional da Madeira, em vez do reforço dos apoios sociais no acesso à escolarização, quando se agravam as dificuldades económicas da maior parte da população, quando se justificam medidas adicionais de apoio social, pelo contrário, o Governo Regional aumenta dificuldades no acesso à escola e à educação”. “Esta Região é a única em Portugal em que não está a ser aplicada a gratuitidade dos manuais escolares para todos os estudantes”, afirmou. “Esta é a Região em que as refeições fornecidas pela escola sofrem aumentos de preços, em lugar do aumento dos apoios sociais. Esta é uma Região onde se registam das maiores dificuldades no acesso ao transporte público e onde, apesar de todas a s nossas reivindicações, o passe escolar continua a não ser gratuito. Na verdade, o Apoio Social Escolar nesta Região Autónoma é um dos mais claros exemplos das erradas prioridades da governação.” Para a CDU, referiu, a democratização da educação requer a gratuidade dos manuais escolares em toda a escolaridade obrigatória e garantia de transportes, alojamento e alimentação para os estudantes que deles careçam.