Carvalho diz que Madeira deu grande salto no combate à iliteracia

O secretário regional da Educação, Ciência e Tecnologia destacou hoje a evolução que a Madeira registou em quatro décadas no que diz respeito à alfabetização. Em 1800, Portugal tinha apenas 10% da sua população alfabetizada. Em 1974, cerca...

Carvalho diz que Madeira deu grande salto no combate à iliteracia
O secretário regional da Educação, Ciência e Tecnologia destacou hoje a evolução que a Madeira registou em quatro décadas no que diz respeito à alfabetização. Em 1800, Portugal tinha apenas 10% da sua população alfabetizada. Em 1974, cerca de 0,3% da população madeirense tinha ensino superior e hoje vai nos 30%. Jorge Carvalho falava aos jornalistas momentos antes de presidir à abertura do Fórum de Reflexão sobre a Educação de Adultos, o qual decorre, durante dois dias, no Museu de Imprensa, em Câmara de Lobos. Na oportunidade, o governante realçou que ao nível do 9.º ano, a Madeira tem uma taxa de aproveitamento na ordem dos 95%, enquanto que no Secundário, estamos nos 80%.  O secretário regional adiantou que temos dois mil estudantes adultos, como aliás, já foi noticiado na última semana pelo nosso jornal. Afirmando que a Madeira tudo tem feito para que os seus cidadãos possam melhorar as suas habilitações, Jorge Carvalho afirmou que os indicadores são favoráveis e demonstram o trabalho desenvolvido pelos professores. 'A aprendizagem ao longo da vida e o combate à iliteracia', assim se chama o Fórum que surge no âmbito do Plano Anual de Atividades do Curso EFA da Escola Básica dos 2 e 3 ciclos da Torre e do projeto CIA ( Combater a Iliteracia' nos Adultos).