Câmara de Santa Cruz desinfeta espaços públicos

Tendo em linha de conta a situação excecional no âmbito do surto da COVID-19, a Câmara Municipal de Santa Cruz vai proceder à desinfeção dos principais espaços públicos, nomeadamente arruamentos, passeios, equipamentos e mobiliário urbano, principalmente nos centros das freguesias, e zonas onde a afluência da população é maior. A autarquia informou que esta ação de desinfeção terá lugar logo que as condições meteorológicas o permitem, já que a ocorrência de chuva anularia os efeitos que se pretendem alcançar. Para a realização da desinfeção será utilizada uma solução constituída por água e um produto desinfetante. De acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), o produto em causa será a lixívia (solução de hipoclorito de sódio). Por esse motivo, a Câmara de Santa Cruz apela à colaboração de todos os munícipes para que “tenham o máximo cuidado aquando da aplicação dos produtos por parte dos funcionários camarários. Dada a natureza do produto a usar, devem ser tomadas as devidas precauções com o vestuário pessoal de forma a evitar qualquer tipo de dano, pelo qual não nos responsabilizamos”. 

Câmara de Santa Cruz  desinfeta espaços públicos
Tendo em linha de conta a situação excecional no âmbito do surto da COVID-19, a Câmara Municipal de Santa Cruz vai proceder à desinfeção dos principais espaços públicos, nomeadamente arruamentos, passeios, equipamentos e mobiliário urbano, principalmente nos centros das freguesias, e zonas onde a afluência da população é maior. A autarquia informou que esta ação de desinfeção terá lugar logo que as condições meteorológicas o permitem, já que a ocorrência de chuva anularia os efeitos que se pretendem alcançar. Para a realização da desinfeção será utilizada uma solução constituída por água e um produto desinfetante. De acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), o produto em causa será a lixívia (solução de hipoclorito de sódio). Por esse motivo, a Câmara de Santa Cruz apela à colaboração de todos os munícipes para que “tenham o máximo cuidado aquando da aplicação dos produtos por parte dos funcionários camarários. Dada a natureza do produto a usar, devem ser tomadas as devidas precauções com o vestuário pessoal de forma a evitar qualquer tipo de dano, pelo qual não nos responsabilizamos”.