Cafôfo chumba coligação

O novo presidente do PS-M está focado no congresso virado para as eleições autárquicas. Em entrevista ao JM, Paulo Cafôfo garante que ainda não convidou novos dirigentes, nem candidatos às eleições de 2021. Quer manter as quatro câmaras e aposta em Santana e no Porto Santo. Na Ribeira Brava, espera pela definição de Ricardo Nascimento, mas avisa que não integra movimentos de cidadãos em que esteja o PSD. Quase ao fim de um ano, dá nota negativa (8) ao Governo e diz que o CDS não trouxe nada de novo. Já o presidente da Assembleia merece um 12, apesar de estar a tentar ser presidente da Região. Convidado a avaliar o melhor e o pior desempenho governamental, Cafôfo diz que a Secretaria do Mar tem sido uma nulidade, ao contrário da Inclusão. Acusa o Governo de se aproveitar da pandemia e Albuquerque de não saber fazer política séria. E promete um PS mais acutilante. A Região Autónoma da Madeira, através da Direção Regional do Património e Informática, intentou uma ação contra a Junta de Freguesia do Imaculado Coração de Maria, no Funchal, a reclamar a posse das instalações da antiga sede da junta, na Rua Nova da Quinta Deão. O processo está a correr no Juízo Central Cível do Funchal e a ação tem o valor de 114.296,90 euros – correspondente ao valor patrimonial do imóvel –, tendo dado entrada no início de agosto deste ano. O Instituto da Administração de Saúde (IASaúde) revelou ontem que foram registados quatro novos casos positivos de covid-19 na Região, aumentando o número de casos ativos para 46. Também a Câmara Municipal do Funchal informou ontem que ativou o plano de contingência interno depois de ter sido informada pelo IASaúde de que um dos trabalhadores havia testado positivo para covid-19. Um inquérito realizado entre os associados da Associação Comercial e Industrial do Funchal (ACIF) aponta para quebras da ordem dos 79,7% e 62,6% na taxa de ocupação de julho e de agosto, respectivamente, dos empreendimentos hoteleiros da Região face ao ano passado. O levantamento realizado aos empreendimentos hoteleiros da Região, entre 24 e 27 de agosto, representa 10.492 (32,79%) camas das cerca de 32 mil existentes no mercado hoteleiro tradicional da Madeira. Saiba mais sobre estas e outras notícias na edição impressa deste sábado, dia 5 de setembro, do JM-Madeira.

Cafôfo chumba coligação
O novo presidente do PS-M está focado no congresso virado para as eleições autárquicas. Em entrevista ao JM, Paulo Cafôfo garante que ainda não convidou novos dirigentes, nem candidatos às eleições de 2021. Quer manter as quatro câmaras e aposta em Santana e no Porto Santo. Na Ribeira Brava, espera pela definição de Ricardo Nascimento, mas avisa que não integra movimentos de cidadãos em que esteja o PSD. Quase ao fim de um ano, dá nota negativa (8) ao Governo e diz que o CDS não trouxe nada de novo. Já o presidente da Assembleia merece um 12, apesar de estar a tentar ser presidente da Região. Convidado a avaliar o melhor e o pior desempenho governamental, Cafôfo diz que a Secretaria do Mar tem sido uma nulidade, ao contrário da Inclusão. Acusa o Governo de se aproveitar da pandemia e Albuquerque de não saber fazer política séria. E promete um PS mais acutilante. A Região Autónoma da Madeira, através da Direção Regional do Património e Informática, intentou uma ação contra a Junta de Freguesia do Imaculado Coração de Maria, no Funchal, a reclamar a posse das instalações da antiga sede da junta, na Rua Nova da Quinta Deão. O processo está a correr no Juízo Central Cível do Funchal e a ação tem o valor de 114.296,90 euros – correspondente ao valor patrimonial do imóvel –, tendo dado entrada no início de agosto deste ano. O Instituto da Administração de Saúde (IASaúde) revelou ontem que foram registados quatro novos casos positivos de covid-19 na Região, aumentando o número de casos ativos para 46. Também a Câmara Municipal do Funchal informou ontem que ativou o plano de contingência interno depois de ter sido informada pelo IASaúde de que um dos trabalhadores havia testado positivo para covid-19. Um inquérito realizado entre os associados da Associação Comercial e Industrial do Funchal (ACIF) aponta para quebras da ordem dos 79,7% e 62,6% na taxa de ocupação de julho e de agosto, respectivamente, dos empreendimentos hoteleiros da Região face ao ano passado. O levantamento realizado aos empreendimentos hoteleiros da Região, entre 24 e 27 de agosto, representa 10.492 (32,79%) camas das cerca de 32 mil existentes no mercado hoteleiro tradicional da Madeira. Saiba mais sobre estas e outras notícias na edição impressa deste sábado, dia 5 de setembro, do JM-Madeira.