Cabo Brasil-Europa ‘abre’ em abril 2021 na Madeira

A Região já está a precaver-se para o cenário de desativação do atual cabo submarino que liga a Madeira ao continente português. Pedro Calado revela hoje ao JM os pormenores da nova ligação Brasil-Europa, que entra em funcionamento dentro de um ano, alternativa que vai antecipar-se à solução perspetivada pelo Governo da República, mas que só chega em 2024. Este é o assunto que faz hoje a manchete do JM. A pandemia aumenta perigos na internet. O risco de contactos online a menores é maior neste período de pandemia. Ao JM, a UCAD alerta para um problema tão ou mais grave do que a dependência de drogas. A PJ sugere atenção redobrada em tempo de telescola, enquanto a PSP indica os cuidados a ter com crianças e jovens. Hoje no ‘Virar a página’, saiba que o rigor é o trunfo para o Madeira Medical Center e o hospital Particular. O grupo HPA reativa toda a atividade a partir de amanhã. O administrador Alexandre Gonçalinho anuncia, ao Jornal, medidas apertadas de segurança para profissionais e utentes, bem como a disponibilidade para colaborar com o SESARAM. Leia sobre as lojas de tatuadores que denunciam marginalização e exclusão. A Frente MarFunchal pode ver chumbado o pedido de lay-off. Nas igrejas, poucos fiéis aproveitaram o regresso das missas presenciais. O Parlamento Regional entrega donativo à Cruz Vermelha. A Polícia Florestal acaba com convívio no Santo da Serra.   Leia mais sobre estes e outros assuntos na edição impressa deste domingo do seu JM.    

A Região já está a precaver-se para o cenário de desativação do atual cabo submarino que liga a Madeira ao continente português. Pedro Calado revela hoje ao JM os pormenores da nova ligação Brasil-Europa, que entra em funcionamento dentro de um ano, alternativa que vai antecipar-se à solução perspetivada pelo Governo da República, mas que só chega em 2024. Este é o assunto que faz hoje a manchete do JM. A pandemia aumenta perigos na internet. O risco de contactos online a menores é maior neste período de pandemia. Ao JM, a UCAD alerta para um problema tão ou mais grave do que a dependência de drogas. A PJ sugere atenção redobrada em tempo de telescola, enquanto a PSP indica os cuidados a ter com crianças e jovens. Hoje no ‘Virar a página’, saiba que o rigor é o trunfo para o Madeira Medical Center e o hospital Particular. O grupo HPA reativa toda a atividade a partir de amanhã. O administrador Alexandre Gonçalinho anuncia, ao Jornal, medidas apertadas de segurança para profissionais e utentes, bem como a disponibilidade para colaborar com o SESARAM. Leia sobre as lojas de tatuadores que denunciam marginalização e exclusão. A Frente MarFunchal pode ver chumbado o pedido de lay-off. Nas igrejas, poucos fiéis aproveitaram o regresso das missas presenciais. O Parlamento Regional entrega donativo à Cruz Vermelha. A Polícia Florestal acaba com convívio no Santo da Serra.   Leia mais sobre estes e outros assuntos na edição impressa deste domingo do seu JM.