Bombeiros Voluntários do Porto Santo reforçados com nova viatura

O Corpo de Bombeiros Voluntários do Porto Santo tem agora a sua frota reforçada com mais uma viatura, entregue este domingo pelo secretário regional de Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos. Com a entrega deste veículo, uma viatura de Comando Operacional Tático - VCOT -, a corporação “tem em qualquer momento de atuação a possibilidade de montar um posto de coordenação e controlo para gerir os meios e recursos disponíveis neste momento”, refere Pedro Ramos. Este é um dos veículos resultantes do investimento do Governo Regional para todas as corporações de bombeiros da Região, para aumentar a sua capacidade de resposta com meios e recursos adequados.  O governante lembrou que a verba do Executivo madeirense destinada aos Bombeiros do Porto Santo passou de 90.000€ para 180.000€, com o número de elementos da corporação a duplicar igualmente (de 15 para 30 bombeiros). Pedro Ramos acredita que todo o mecanismo de resposta desde o Porto Santo até ao Funchal está bem preparado para agir em situações de várias naturezas.  Recordou, por fim, que o investimento na área da saúde e proteção civil “é um dos pilares da atuação do Governo Regional” e que na última legislatura este se situou nos 22 milhões de euros.

Bombeiros Voluntários do Porto Santo reforçados com nova viatura
O Corpo de Bombeiros Voluntários do Porto Santo tem agora a sua frota reforçada com mais uma viatura, entregue este domingo pelo secretário regional de Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos. Com a entrega deste veículo, uma viatura de Comando Operacional Tático - VCOT -, a corporação “tem em qualquer momento de atuação a possibilidade de montar um posto de coordenação e controlo para gerir os meios e recursos disponíveis neste momento”, refere Pedro Ramos. Este é um dos veículos resultantes do investimento do Governo Regional para todas as corporações de bombeiros da Região, para aumentar a sua capacidade de resposta com meios e recursos adequados.  O governante lembrou que a verba do Executivo madeirense destinada aos Bombeiros do Porto Santo passou de 90.000€ para 180.000€, com o número de elementos da corporação a duplicar igualmente (de 15 para 30 bombeiros). Pedro Ramos acredita que todo o mecanismo de resposta desde o Porto Santo até ao Funchal está bem preparado para agir em situações de várias naturezas.  Recordou, por fim, que o investimento na área da saúde e proteção civil “é um dos pilares da atuação do Governo Regional” e que na última legislatura este se situou nos 22 milhões de euros.