Atos de vandalismo destroem montras na Rua Direita, no Funchal

Pelos menos dois espaços comerciais ficaram com os vidros da montra partidos. Esta não é a primeira vez em que os comerciantes têm prejuízos com atos deste género.  O vandalismo voltou a deixar marcas na Rua Direita, no Funchal. Às primeiras...

Atos de vandalismo destroem montras na Rua Direita, no Funchal
Pelos menos dois espaços comerciais ficaram com os vidros da montra partidos. Esta não é a primeira vez em que os comerciantes têm prejuízos com atos deste género.  O vandalismo voltou a deixar marcas na Rua Direita, no Funchal. Às primeiras horas da manhã, desta segunda-feira, alguns comerciantes tiveram de acionar as autoridades para inicio de mais uma investigação. Os comerciantes depararam-se com vidros partidos, sem que fosse subtraídos equipamentos ou dinheiro do interior das lojas. Segundo José António, comerciante e responsável pela Casa Santo António, “partiram uma montra, mas não chegaram a entrar na loja. É pura diversão desses senhores, os habituais, que estragam as coisas por puro divertimento”. Além da montra da casa Santo António, também um bar metros acima foi alvo de vandalismo, um facto que se está a tornar ‘normal’ na Rua Direita. A Rua Direita é muito procurada por certos indivíduos, que fazem dali local de permanência noturna. Os comerciantes da zona continuam a ter prejuízos com estes atos de puro vandalismo. Recorde-se que esta não é a primeira vez que os atos de vandalismo destroem o trabalho dos lojistas, no ano passado, também durante uma noite vários locais foram alvo de atos de vandalismo. Fonte da PSP indicou existirem suspeitos e que estão a efetuar diligências para os identificar, mas é uma tarefa complicada devido à falta do flagrante delito.