Astrónomos localizam um cometa interestelar no Sistema Solar

Um segundo objeto interestelar, um cometa, foi localizado no Sistema Solar, divulgou hoje a revista científica Nature Astronomy. O primeiro, o asteroide Oumuamua, com a forma de um charuto, foi detetado em 2017 com um telescópio no Havai, nos...

Astrónomos localizam um cometa interestelar no Sistema Solar
Um segundo objeto interestelar, um cometa, foi localizado no Sistema Solar, divulgou hoje a revista científica Nature Astronomy. O primeiro, o asteroide Oumuamua, com a forma de um charuto, foi detetado em 2017 com um telescópio no Havai, nos Estados Unidos. O novo cometa foi identificado pelos especialistas depois do alerta, a 30 de agosto, de um astrónomo amador, Gennadiy Borisov, natural da Crimeia, para um objeto estranho no céu. Após análises aos dados recolhidos, mediante observações com telescópios em Espanha e no Havai, astrónomos profissionais concluíram que o objeto provém de outro sistema solar, desconhecido, dada a sua órbita. O cometa, batizado como "2I/Borisov", em homenagem à pessoa que primeiro o detetou, é formado essencialmente por poeira ligeiramente avermelhada, na cauda, tendo o seu núcleo sólido cerca de um quilómetro de raio. Quando os cometas se aproximam do Sol, o gelo que os compõem transforma-se em gás, visível também na cauda. O cometa "2I/Borisov" poderá ser observado melhor em dezembro quando estiver ainda mais próximo do Sol.