ANACOM simplifica acesso às condutas e postes da MEO por parte dos outros operadores

A ANACOM aprovou um conjunto de medidas que facilitam o acesso às condutas e aos postes da MEO pelos outros operadores, através da simplificação e agilização dos procedimentos previstos nas ofertas grossistas de acesso a condutas (ORAC), e...

ANACOM simplifica acesso às condutas e postes da MEO por parte dos outros operadores
A ANACOM aprovou um conjunto de medidas que facilitam o acesso às condutas e aos postes da MEO pelos outros operadores, através da simplificação e agilização dos procedimentos previstos nas ofertas grossistas de acesso a condutas (ORAC), e de acesso a postes (ORAP). Entre as alterações de processos e procedimentos agora decididos, e que facilitam a utilização das infraestruturas da MEO pelos outros operadores, para a instalação das suas redes, é de destacar a redução do prazo de instalação previsto na ORAC e a simplificação do processo (o operador passa a notificar a MEO de que vai fazer uma instalação, com pelo menos 3 dias úteis de antecedência face à data da intervenção; enquanto atualmente existe um agendamento da instalação pela MEO, para uma janela  entre o 7º e o 15.º dia útil após a receção do pedido do beneficiário). Esta medida visa tornar mais rápida e expedita a instalação das redes de muito alta capacidade por parte dos operadores e, consequentemente, facilita a oferta de serviços retalhistas aos utilizadores finais.