Albuquerque vista amanhã obras de construção de rede hídrica de combate a incêndios florestais

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, visita esta sexta-feira, pelas 12 horas, as obras de construção de uma rede hídrica de combate a incêndios florestais integrada no projeto da Faixa Corta-Fogo do Caminho dos Pretos. A rede estende-se ao longo de todo o Caminho dos Pretos, entre o Terreiro da Luta e o Palheiro Ferreiro e no acesso ao Curral dos Romeiros, representando um investimento de 2.141,000,00 euros, sendo o mesmo financiado a 85% pelo PRODERAM. A rede hídrica comporta 20 bocas de incêndio, dispostas ao longo de 9 quilómetros de condutas, bem como um reservatório de 1.500 metros cúbicos em betão armado, câmaras de perda de carga e caixas redutoras de pressão. A empreitada integrada na Faixa Corta-Fogo e tem por objetivo "assegurar água de forma rápida e em quantidade suficiente aos bombeiros, garantindo uma maior eficácia no combate a fogos florestais e, consequentemente, conferindo mais segurança a pessoas e bens".  

Albuquerque vista amanhã obras de construção de rede hídrica de combate a incêndios florestais
O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, visita esta sexta-feira, pelas 12 horas, as obras de construção de uma rede hídrica de combate a incêndios florestais integrada no projeto da Faixa Corta-Fogo do Caminho dos Pretos. A rede estende-se ao longo de todo o Caminho dos Pretos, entre o Terreiro da Luta e o Palheiro Ferreiro e no acesso ao Curral dos Romeiros, representando um investimento de 2.141,000,00 euros, sendo o mesmo financiado a 85% pelo PRODERAM. A rede hídrica comporta 20 bocas de incêndio, dispostas ao longo de 9 quilómetros de condutas, bem como um reservatório de 1.500 metros cúbicos em betão armado, câmaras de perda de carga e caixas redutoras de pressão. A empreitada integrada na Faixa Corta-Fogo e tem por objetivo "assegurar água de forma rápida e em quantidade suficiente aos bombeiros, garantindo uma maior eficácia no combate a fogos florestais e, consequentemente, conferindo mais segurança a pessoas e bens".