Albuquerque visita exploração agrícola na Ribeira Brava

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, vai visitar amanhã, dia 30 de setembro, pelas 16 horas, uma exploração agrícola na freguesia da Ribeira Brava, localizada no sítio da Fonte do Pinheiro, no Caminho da Terça De acordo com nota enviada pelo gabinete da Presidência, a exploração pertence a André Pestana e foi contemplada com apoios do PRODERAM, no âmbito de candidatura formulada pelo próprio. O plano de investimentos aprovado consistiu na infraestruturação de uma área de mais de 22.000 metros quadrados para a produção de banana biológica, através da construção de tanques, de um armazém, de muros de suporte, de corta ventos, de vedações e de acessos para viatura, a par da instalação de sistema de rega e da aquisição de alguma maquinaria e equipamentos de apoio à atividade produtiva. Os compassos de plantação são específicos, com as plantas em linhas pareadas, com um sistema de tutoragem inovador, que consiste na amarração das plantas através de cabos de aço a um tutor sobre-elevado em relação à plantação. Quanto às receitas esperadas, o beneficiário prevê o valor de 1,01 euros por quilo, justificando ser esse o valor médio pago pela GESBA na entrega de cada quilo de banana produzida em modo de produção biológica. O Governo Regional informa ainda que este investimento total ascendeu a 394.075,44  euros.

Albuquerque visita exploração agrícola na Ribeira Brava
O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, vai visitar amanhã, dia 30 de setembro, pelas 16 horas, uma exploração agrícola na freguesia da Ribeira Brava, localizada no sítio da Fonte do Pinheiro, no Caminho da Terça De acordo com nota enviada pelo gabinete da Presidência, a exploração pertence a André Pestana e foi contemplada com apoios do PRODERAM, no âmbito de candidatura formulada pelo próprio. O plano de investimentos aprovado consistiu na infraestruturação de uma área de mais de 22.000 metros quadrados para a produção de banana biológica, através da construção de tanques, de um armazém, de muros de suporte, de corta ventos, de vedações e de acessos para viatura, a par da instalação de sistema de rega e da aquisição de alguma maquinaria e equipamentos de apoio à atividade produtiva. Os compassos de plantação são específicos, com as plantas em linhas pareadas, com um sistema de tutoragem inovador, que consiste na amarração das plantas através de cabos de aço a um tutor sobre-elevado em relação à plantação. Quanto às receitas esperadas, o beneficiário prevê o valor de 1,01 euros por quilo, justificando ser esse o valor médio pago pela GESBA na entrega de cada quilo de banana produzida em modo de produção biológica. O Governo Regional informa ainda que este investimento total ascendeu a 394.075,44  euros.