Albuquerque: Mobilizar e unir para não desaparecer

Miguel Albuquerque acredita que só uma liderança forte pode evitar o risco do PSD desparecer, como aconteceu por exemplo na França. O presidente do PSD Madeira escolheu o início da tarde para votar, na sede regional do partido, à Rua dos Netos, altura em que defendeu a necessidade de uma liderança “capaz de criar uma equipa e de fomentar um diálogo transversal com toda a sociedade”. “Temos uns anos difíceis de oposição, o partido está muito desmobilizado e corremos o risco de o PSD, que era uma pedra angular do regime democrático, desaparecer como aconteceu em França e Itália para partidos mais radicais e com doutrinas extremistas”, observou, depois de concluída a sua votação.

Albuquerque: Mobilizar e unir para não desaparecer
Miguel Albuquerque acredita que só uma liderança forte pode evitar o risco do PSD desparecer, como aconteceu por exemplo na França. O presidente do PSD Madeira escolheu o início da tarde para votar, na sede regional do partido, à Rua dos Netos, altura em que defendeu a necessidade de uma liderança “capaz de criar uma equipa e de fomentar um diálogo transversal com toda a sociedade”. “Temos uns anos difíceis de oposição, o partido está muito desmobilizado e corremos o risco de o PSD, que era uma pedra angular do regime democrático, desaparecer como aconteceu em França e Itália para partidos mais radicais e com doutrinas extremistas”, observou, depois de concluída a sua votação.