33 pessoas detidas no País por crime de desobediência

Até ‪às 17h00 de hoje, a GNR deteve em Portugal 33 pessoas por crime de desobediência, designadamente por violação da obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência. Neste mesmo período, foram encerrados 177 estabelecimentos por incumprimento das normas estabelecidas. Estes números juntam-se aos verificados no primeiro período de Estado de Emergência, que vigorou entre os dias 22 de março e 2 de abril, onde se registaram 108 detenções por crime de desobediência e foram encerrados 1.708 estabelecimentos comerciais.  O Ministério da Administração Interna, perante a imperiosa necessidade de todos contribuírem para conter o contágio da COVID-19, insiste no cumprimento rigoroso das medidas impostas pelo Estado de Emergência.

33 pessoas detidas no País por crime de desobediência
Até ‪às 17h00 de hoje, a GNR deteve em Portugal 33 pessoas por crime de desobediência, designadamente por violação da obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência. Neste mesmo período, foram encerrados 177 estabelecimentos por incumprimento das normas estabelecidas. Estes números juntam-se aos verificados no primeiro período de Estado de Emergência, que vigorou entre os dias 22 de março e 2 de abril, onde se registaram 108 detenções por crime de desobediência e foram encerrados 1.708 estabelecimentos comerciais.  O Ministério da Administração Interna, perante a imperiosa necessidade de todos contribuírem para conter o contágio da COVID-19, insiste no cumprimento rigoroso das medidas impostas pelo Estado de Emergência.